Profissionais: 5632
Prontuários: 218668

Esqueceu a senha? Cadastro da senha

Portal Saude Direta - Busca Palavra

BUSCA POR PALAVRA

POSTAGENS ANTERIORES

TAGS CLOUD

Protocolos - Algoritmos - Diretrizes - Fluxogramas

Baixar o Adobe Acrobat Reader
Para visualizar os conteúdos abaixo é necessário ter o Adobe Acrobat Reader instalado.

Advertência: Estes artigos e resumos são protegidos pela Lei de Direitos Autorais (Lei 9.610/98), sendo vedada a sua transcrição sem citação da fonte e a sua reprodução com finalidades comerciais sem autorização dos autores.

Biópsia de Próstata.

Sociedade Brasileira de Urologia
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina
Número: 270 / Publicado em 09/03/2012 - 18:31

A primeira descrição de biópsia de próstata com agulha de Vim Silvermann digitalmente dirigida ao nódulo prostático foi realizada em 1937. Com o advento do ultra-som e seu emprego transretal em 1981, os nódulos não palpáveis passaram a ser visualizados e biopsiados com agulhas apropriadas.

Abrir arquivo em PDF

Demência do Idoso: Diagnóstico na Atenção Primária à Saúde.

Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade Academia Brasileira de Neurologia
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina
Número: 269 / Publicado em 09/03/2012 - 18:32

A demência pode ser definida como o comprometimento adquirido da memória associado a um prejuízo em pelo menos uma das outras funções cognitivas da linguagem, gnosias, praxias ou funções executivas, que interferem na capacidade funcional, desempenho social ou profissional do indivíduo.

Abrir arquivo em PDF

Carcinoma Basocelular.

Sociedade Brasileira de Dermatologia.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina
Número: 268 / Publicado em 09/03/2012 - 18:33

O carcinoma basocelular (CBC) ou epitelioma basocelular é o tumor maligno cutâneo localmente invasivo com maior incidência em indivíduos de pele clara (caucasianos).

Abrir arquivo em PDF

Carcinoma do Pênis: Parte II

Sociedade Brasileira de Urologia
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina
Número: 267 / Publicado em 09/03/2012 - 18:34

A evolução do carcinoma epidermóide de pênis é insidiosa, com progressão loco-regional previsível. Esses tumores originam-se na glande em 80% dos casos, no prepúcio, em 15% e, no sulco coronal, em 5%.

Abrir arquivo em PDF

Carcinoma do Pênis: Parte I

Sociedade Brasileira de Urologia
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina
Número: 266 / Publicado em 09/03/2012 - 18:34

A neoplasia de pênis é uma doença rara, sendo mais freqüente nos países em desenvolvimento. Representa 0,4% dos tumores malignos dos homens nos EUA e 2,1% no Brasil, sendo mais prevalente nas regiões norte e nordeste. O carcinoma epidermóide representa aproximadamente 95% das neoplasias do pênis; as restantes decorrem de metástases originadas em tumores de outros órgãos, os sarcomas e, muito raramente, melanomas. A ocorrência do carcinoma epidermóide está ligada à presença de fimose, higiene inadequada e infecções virais.

Abrir arquivo em PDF

Carcinoma de Endométrio: Rastreamento, Diagnóstico e Tratamento.

Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia, Sociedade Brasileira de Cancerologia.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 265 / Publicado em 09/03/2012 - 18:35

Entre os procedimentos para prevenção, a orientação para perda de peso parece ser o mais efetivo para reduzir o risco. O uso de contraceptivos orais também pode reduzir o risco atual e futuro. A associação de progestágenos aos estrógenos empregados durante a terapia de reposição hormonal é capaz de bloquear os efeitos adversos (proliferativos) daqueles sobre o endométrio.

Abrir arquivo em PDF

Carcinoma do Colo do Útero: Rastreamento, Diagnóstico e Tratamento.

Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia, Sociedade Brasileira de Cancerologia.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 264 / Publicado em 09/03/2012 - 18:36

Os fatores de risco mais importantes para desenvolvimento de lesões pré-neoplásicas e de carcinoma invasor do colo são a infecção pelo papiloma vírus humano (HPV) e, secundariamente, alta paridade, grande número de parceiros, idade no primeiro coito, baixo nível socioeconômico e tabagismo. A prevenção do carcinoma cervical baseia-se na educação sexual como parte importante da prevenção do carcinoma cervical, orientando-se o uso correto de preservativos, desmotivando a promiscuidade sexual e o início precoce da atividade sexual.

Abrir arquivo em PDF

Catarata: Diagnóstico e Tratamento.

Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina
Número: 263 / Publicado em 09/03/2012 - 18:37

Catarata é a denominação dada a qualquer opacidade do cristalino, que não necessariamente afete a visão. É a maior causa de cegueira tratável nos países em desenvolvimento. Segundo a Organização Mundial de Saúde, há 45 milhões de cegos no mundo, dos quais 40% são devidos à catarata.

Abrir arquivo em PDF

Climatério: Atenção Primária e Terapia Hormonal.

Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina
Número: 262 / Publicado em 09/03/2012 - 18:38

O diagnóstico do climatério é eminentemente clínico.

Abrir arquivo em PDF

Cistites em Situações Especiais: Tratamento

Sociedade Brasileira de Infectologia e Sociedade Brasileira de Urologia.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina
Número: 261 / Publicado em 09/03/2012 - 18:38

Em pacientes grávidas com cistite devem ser realizados, além do exame de elementos anormais e sedimento de urina (urina tipo I), valorizando-se leucocitúria e, secundariamente, hematúria, a cultura de urina e o teste de sensibilidade a antimicrobianos (antibiograma). A infecção urinária no homem não é habitual, tornando-se mais freqüente nos pacientes com idade superior a 60 anos, em função do aumento da glândula prostática. A infecção urinária é a mais comum e a primeira causa de bacteriemia no idoso e tende a ser mais complicada no paciente idoso e no diabético. A infecção urinária na criança não é um evento raro, estimando-se que aos sete anos de idade 2% de meninos e 8% de meninas tenham este tipo de infecção.

Abrir arquivo em PDF

Footer - v1.3
Atualizado em
04/02/2016
Saude-Direta-Facebook Saude-Direta-LinkedIN Saude-Direta-Twitter