Profissionais: 6902
Prontuários: 420095

Esqueceu a senha? Cadastro da senha

Portal Saude Direta - Busca Palavra

BUSCA POR PALAVRA

POSTAGENS ANTERIORES

TAGS CLOUD

Protocolos - Algoritmos - Diretrizes - Fluxogramas

Baixar o Adobe Acrobat Reader
Para visualizar os conteúdos abaixo é necessário ter o Adobe Acrobat Reader instalado.

Advertência: Estes artigos e resumos são protegidos pela Lei de Direitos Autorais (Lei 9.610/98), sendo vedada a sua transcrição sem citação da fonte e a sua reprodução com finalidades comerciais sem autorização dos autores.

Preparo de Medicamentos e Biossegurança (Capítulo 27).

Manual do Atendimento Pré-Hospitalar – SIATE /CBPR.
Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Paraná.
Número: 1037 / Publicado em 23/06/2012 - 10:31

Todo medicamento a ser administrado em paciente deve ser obrigatoriamente prescrito por um médico e constar de sua ficha, no campo específico, todas as aplicações.

Abrir arquivo em PDF

Queimaduras e Emergências Produzidas por Frio Ambiental (Capítulo 21).

Manual do Atendimento Pré-Hospitalar – SIATE /CBPR.
Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Paraná.
Número: 1036 / Publicado em 23/06/2012 - 10:32

As queimaduras são lesões freqüentes e a quarta causa de morte por trauma. Mesmo quando não levam a óbito, as queimaduras severas produzem grande sofrimento físico e requerem tratamento que dura meses, até anos. Seqüelas físicas e psicológicas são comuns. Pessoas de todas as faixas etárias estão sujeitas a queimaduras, mas as crianças são vítimas freqüentes, muitas vezes por descuido dos pais ou responsáveis. O atendimento definitivo aos grandes queimados deve ser feito preferencialmente em centros especializados.

Abrir arquivo em PDF

Produtos Perigosos (Capítulo 29).

Manual do Atendimento Pré-Hospitalar – SIATE /CBPR.
Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Paraná.
Número: 1035 / Publicado em 23/06/2012 - 10:32

Produtos perigosos são substâncias que podem vir a causar dano à saúde humana, à um bem material ou ao meio ambiente. Podem ser do tipo radioativa, química ou biológica. Apesar do nome, “produto perigoso”, eles são amplamente usados para facilitar a vida moderna com usos tão antagônicos quanto a medicina e a construção de armas nucleares.

Abrir arquivo em PDF

Catástrofes ou Acidentes com Múltiplas Vítimas - AMUVI (Capítulo 28).

Manual do Atendimento Pré-Hospitalar – SIATE /CBPR.
Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Paraná.
Número: 1034 / Publicado em 23/06/2012 - 10:34

Os acidentes com múltiplas vítimas são aqueles que apresentam desequilíbrio entre os recursos disponíveis e as necessidades, e que, apesar disso, podem ser atendidos com eficiência desde que se adote a doutrina operacional protocolada.

Abrir arquivo em PDF

Lesões Produzidas por Eletricidade e Radiação Ionizante (Capítulo 22).

Manual do Atendimento Pré-Hospitalar – SIATE /CBPR.
Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Paraná.
Número: 1033 / Publicado em 23/06/2012 - 10:35

Eletroplessão é o termo técnico apropriado para designar a morte ocorrida em conseqüência de descarga elétrica acidental. A palavra eletrocução refere-se ao ato de matar alguém, intencionalmente, por meio de choque elétrico, geralmente como penalidade judiciária.

Abrir arquivo em PDF

Afogamento (Capítulo 20).

Manual do Atendimento Pré-Hospitalar – SIATE /CBPR.
Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Paraná.
Número: 1032 / Publicado em 23/06/2012 - 10:35

É grande a confusão da definição do termo afogamento na língua inglesa. O uso do termo “near-drowning” traduzido como “quase-afogamento” é ainda hoje erradamente utilizado e significam afogados que não falecem até 24 h após o incidente e o termo “drowning” as vítimas que falecem em até 24 h.

Abrir arquivo em PDF

Emergências Obstetrícias e Trauma na Gestante (Capítulo 19).

Manual do Atendimento Pré-Hospitalar – SIATE /CBPR.
Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Paraná
Número: 1031 / Publicado em 23/06/2012 - 10:36

No decurso da gravidez, algumas intercorrências podem ameaçar a vida da mãe e/ou da criança, configurando situações de emergência que exijam a intervenção do socorrista. Além disso, socorristas podem ser acionados para assistir ao trabalho de parto normal, desencadeado na via pública. Isso justifica prepará-Ios para atuar nas emergências obstétricas: parto normal, parto prematuro e abortamento.

Abrir arquivo em PDF

Emergências Psiquiátricas (Capítulo 24).

Manual do Atendimento Pré-Hospitalar – SIATE /CBPR.
Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Paraná.
Número: 1030 / Publicado em 23/06/2012 - 10:36

Freqüentemente, o socorrista enfrenta situações em que, além da responsabilidade de aplicar as técnicas de abordagem e atendimento corretas à vítima, se vê forçado a restabelecer o equilíbrio emocional e social das pessoas envolvidas no incidente. Denominamos “intervenção em crises” a atenção especial dispensada pela equipe de socorro á vítima, a familiares, amigos ou outros espectadores na cena da ocorrência, que se encontrem em estado de crise.

Abrir arquivo em PDF

Emergências Pediátricas (Capítulo 18).

Manual do Atendimento Pré-Hospitalar – SIATE /CBPR.
Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Paraná.
Número: 1029 / Publicado em 23/06/2012 - 10:37

Na maior parte do mundo, o trauma ocupa a primeira causa de morte na infância; daí sua grande importância.

Abrir arquivo em PDF

Trauma de Face (Capítulo 17).

Manual do Atendimento Pré-Hospitalar – SIATE /CBPR.
Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Paraná.
Número: 1028 / Publicado em 23/06/2012 - 10:38

O trauma facial pode ser considerado uma das agressões mais devastadoras encontradas em centros de trauma devido às conseqüências emocionais e à possibilidade de deformidade e também ao impacto econômico que tais traumas causam em um sistema de saúde.

Abrir arquivo em PDF

Footer - v1.3
Atualizado em
04/09/2019
Saude-Direta-Facebook Saude-Direta-LinkedIN Saude-Direta-Twitter