Profissionais: 5632
Prontuários: 218668

Esqueceu a senha? Cadastro da senha

Portal Saude Direta - Busca Palavra

BUSCA POR PALAVRA

POSTAGENS ANTERIORES

TAGS CLOUD

Protocolos - Algoritmos - Diretrizes - Fluxogramas

Baixar o Adobe Acrobat Reader
Para visualizar os conteúdos abaixo é necessário ter o Adobe Acrobat Reader instalado.

Advertência: Estes artigos e resumos são protegidos pela Lei de Direitos Autorais (Lei 9.610/98), sendo vedada a sua transcrição sem citação da fonte e a sua reprodução com finalidades comerciais sem autorização dos autores.

Prevenção Doença Estreptocócica Neonatal.

Rotinas Gerenciadas - Departamento Materno Infantil - HIAE
Divisão de Prática Médica/Serviço de Controle de Infecção Hospitalar - Outubro – 2007.
Número: 553 / Publicado em 18/06/2012 - 09:52

A doença estreptocócica neonatal é causada uma bactéria, o estreptococo do grupo B (EGB) ou Streptococcus agalactiae, que é um coco Gram positivo. O principal sítio de colonização deste microrganismo é o trato gastrintestinal, mas pode, secundariamente, estar presente no trato genitourinário.

Abrir arquivo em PDF

Diluição e Esquema de Uso das Principais Medicações de Uso Obstétrico.

Diretrizes Assistenciais - HIAE.
Hospital Israelita Albert Einstein - Dezembro - 2009.
Número: 552 / Publicado em 18/06/2012 - 09:53

Drogas referidas: Ocitocina, Misoprostol, Uterolíticos, Drogas Usadas na Pré-Eclâmpsia.

Abrir arquivo em PDF

Protocolo de Atendimento à Vítima de Violência Sexual em Pronto Socorro.

Diretrizes Assistenciais - HIAE
Hospital Israelita Albert Einstein - Novembro - 2008.
Número: 551 / Publicado em 18/06/2012 - 09:54

Exame ginecológico completo, com descrição de órgãos genitais externos, região perianal e órgãos genitais internos. Descrever minuciosamente eventuais lesões, conteúdo vaginal, etc. Lembrar que as informações do primeiro atendimento poderão ser úteis para procedimentos legais.

Abrir arquivo em PDF

Protocolo de Atendimento à Vítima de Violência Sexual.

Diretrizes Assistenciais - HIAE.
Hospital Israelita Albert Einstein - Novembro 2008.
Número: 550 / Publicado em 18/06/2012 - 09:56

Exame ginecológico completo, com descrição de órgãos genitais externos, região perianal e órgãos genitais internos. Descrever minuciosamente eventuais lesões, conteúdo vaginal, etc. Lembrar que as informações do primeiro atendimento poderão ser úteis para procedimentos legais.

Abrir arquivo em PDF

Hemorragia Uterina Pós-Parto.

Diretrizes Assistenciais - HIAE
Hospital Israelita Albert Einstein - Maio – 2009.
Número: 549 / Publicado em 18/06/2012 - 09:59

Hemorragia pós-parto é definida como uma perda de sangue maior que 1000 ml nas primeiras 24 horas após o parto.

Abrir arquivo em PDF

Acompanhamento de Doença Trofoblástica Gestacional.

Diretrizes Assistenciais - HIAE
Hospital Israelita Albert Einstein - Maio – 2009.
Número: 548 / Publicado em 18/06/2012 - 10:00

Este trabalho visa fazer uma revisäo atualizada sobre o diagnóstico, manejo e seguimento das Doenças Trofoblásticas Gestacionais (DTG).

Abrir arquivo em PDF

Gestantes com Síndrome Gripal.

Protocolo de Tratamento HIAE
Hospital Israelita Albert Einstein - Agosto – 2009.
Número: 547 / Publicado em 18/06/2012 - 10:00

Gestante com doença aguda (com duração máxima de cinco dias), apresentando febre (ainda que referida) acompanhada de tosse ou dor de garganta, na ausência de outros diagnósticos.

Abrir arquivo em PDF

Abordagem Inicial na Doença Hipertensiva Específica da Gravidez e Hellp Síndrome.

Diretrizes Assistenciais - HIAE
Hospital Israelita Albert Einstein - Junho – 2010
Número: 546 / Publicado em 18/06/2012 - 10:01

Frente à uma paciente hipertensa, após detalhada anamnese, exame clínico e tocoginecológico, o obstetra deve solicitar exames.

Abrir arquivo em PDF

Hemorragia Genital.

Diretrizes Assistenciais - HIAE
Hospital Israelita Albert Einstein - Maio – 2009.
Número: 545 / Publicado em 18/06/2012 - 10:02

Hemorragia genital é definida como presença de sangramento que se exterioriza pela vagina e vulva em grande quantidade, com ou sem alteração de intervalo, frequência ou duração do ciclo menstrual.

Abrir arquivo em PDF

Soluções para a Segurança do Paciente (Patient Safety Solutions).

Aliança Mundial para Segurança do Paciente - WHO
PROQUALIS - FIOCRUZ
Número: 544 / Publicado em 18/06/2012 - 09:38

O Programa de Segurança do Paciente da Organização Mundial da Saúde (WHO Patient Safety) define, como uma de suas áreas prioritárias de atuação, as Soluções para a Segurança do Paciente, que são promovidas, disseminadas e coordenadas internacionalmente pelo Centro Colaborador da OMS (WHO Collaborating Centre). O PROQUALIS tomou como referência essas ações para a divulgação das iniciativas para a segurança do paciente desenvolvidas por hospitais brasileiros.

Abrir arquivo em PDF

Footer - v1.3
Atualizado em
04/02/2016
Saude-Direta-Facebook Saude-Direta-LinkedIN Saude-Direta-Twitter