Profissionais: 6868
Prontuários: 402409

Esqueceu a senha? Cadastro da senha

Portal Saude Direta - Busca Palavra

BUSCA POR PALAVRA

POSTAGENS ANTERIORES

TAGS CLOUD

Protocolos - Algoritmos - Diretrizes - Fluxogramas

Baixar o Adobe Acrobat Reader
Para visualizar os conteúdos abaixo é necessário ter o Adobe Acrobat Reader instalado.

Advertência: Estes artigos e resumos são protegidos pela Lei de Direitos Autorais (Lei 9.610/98), sendo vedada a sua transcrição sem citação da fonte e a sua reprodução com finalidades comerciais sem autorização dos autores.

Psoríase: Tratamento de Áreas Especiais (Capítulo 6).

Lúcia Arruda
Consenso Brasileiro de Psoríase 2009 - Sociedade Brasileira de Dermatologia
Número: 704 / Publicado em 18/06/2012 - 21:27

As regiões palmoplantares, as unhas, o couro cabeludo e as dobras, quando acometidas pela psoríase, apresentam características em comum: a dificuldade terapêutica, o alto índice de recidiva e a possibilidade de produzir incapacidades. Com base neste fato, a abordagem deve ser especial.

Abrir arquivo em PDF

Atendimento ao Acidente Vascular Cerebral - Parte I: Atendimento da Fase Aguda.

Projeto Nacional de Atendimento ao Acidente Vascular.
Coordenação Geral de Urgência e Emergência - Ministério da Saúde.
Número: 703 / Publicado em 18/06/2012 - 21:30

Com a finalidade de modificar o grande impacto econômico e social do AVC no Brasil, em 2008 a Coordenação Geral de Urgência e Emergência do Ministério da Saúde iniciou a organização da Rede Nacional de Atendimento ao AVC, com hospitais sendo capacitados em todos o país e interligados pelo SAMU. O objetivo é de implementar um programa de atendimento ao paciente com Acidente Vascular Cerebral, visando contemplar todos os níveis de atenção: reconhecimento da população, atendimento pré-hospitalar, hospitalar, reabilitação e prevenção.

Abrir arquivo em PDF

Manejo do Tratamento da Crise de Asma.

Mário Sérgio Monteiro Fonseca.
Protocolos Clínicos da COOPERCLIM – AM
Número: 702 / Publicado em 18/06/2012 - 21:33

A exacerbação da asma é uma causa freqüente de procura a serviços de urgência e emergência ocasionando devido a sua morbidade elevado absenteísmo ao trabalho e custos aos serviços de saúde, além de, infelizmente também ocasionar óbito. No Brasil, há uma média anual de 350 mil internações por asma pelo SUS com um total de 2 mil óbitos. Este manual tem como objetivo orientar as principais condutas que podem ser utilizadas para reversão da crise de asma.

Abrir arquivo em PDF

Arritmias e seus Tratamentos.

SAVC - Suporte Avançado de Vida em Cardiologia
American Heart Association - 2003
Número: 701 / Publicado em 18/06/2012 - 20:37

Conteúdo: Algoritmo para bradicardia (paciente sem parada cardíaca), TSV de complexo estreito, As taquicardias: Algoritmo geral, TV estável: monomórfica ou polimórfica, Taquicardia: a FA e o flutter atrial, Taquicardia: a FA e o flutter atrial associados com a síndrome de Wolff.Parkinson.White (WPW), Algoritmo para cardioversão sincronizada, Antiarrítmicos: Principais fármacos nos algoritmos e suas doses

Abrir arquivo em PDF

Cicatrizes Hipertróficas e Quelóides.

Carluz Miranda Ferreira, Evaldo Alves D´Assumpção.
Revista Brasileira de Cirurgia Plástica Vol. 21 nº 1 - Jan/Fev/Mar de 2006
Número: 699 / Publicado em 18/06/2012 - 20:40

Os autores fazem uma revisão da literatura e em sua prática clínica da fisiopatologia e das múltiplas formas preventivas e terapêuticas das cicatrizes hipertróficas e quelóides. Apesar dessas afecções serem conhecidas e descritas há quase dois séculos, seu manejo e terapia apresentam, ainda hoje, aspectos controvertidos e resultados, muitas vezes, insuficientes. É numerosa a variedade de técnicas, procedimentos e medicamentos empregados na terapêutica desses distúrbios. Os autores, com essa revisão, procuram mostrar os diferentes conceitos existentes, apresentando dois esquemas bastante práticos para a prevenção e o tratamento das mesmas.

Abrir arquivo em PDF

Protocolo de Tratamento Medicamentoso da Insuficiência Cardíaca.

Sofia Lagudis, Marcos Knobel, Adriana Perez, Paulo Campos, Walace Pimentel, Fernando Bacal.
Protocolos Gerenciados - Hospital Israelita Albert Einstein - 2006
Número: 697 / Publicado em 18/06/2012 - 20:59

Protocolo Gerenciado de Insuficiência Cardíaca (IC) e Tratamento Medicamentoso da IC.

Abrir arquivo em PDF

Avaliação de Protocolo de Prevenção e Tratamento de Úlceras de Pressão.

Marisol Louro, Margareth Ferreira, Pedro Póvoa.
Revista Brasileira de Terapia Intensiva Vol. 19 Nº 3, Julho-Setembro, 2007
Número: 696 / Publicado em 18/06/2012 - 21:00

As úlceras de pressão (UP) são definidas como “Uma área de lesão localizada da pele e dos tecidos subjacentes, causadas por pressão, tensão tangencial, fricção e/ou uma combinação destes fatores”. Elas constituem um importante problema com que os profissionais da saúde freqüentemente se deparam. Custam e afetam milhões de pacientes, nos lares, nos centros de saúde, nas instituições hospitalares e, em particular, nas unidades de terapia intensiva (UTI). De acordo com os dados epidemiológicos publicados, a taxa de incidência e prevalência destas lesões é maior nas UTI.

Abrir arquivo em PDF

Diagnóstico e Tratamento do Melanoma Cutâneo.

Sociedade Brasileira de Dermatologia.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 695 / Publicado em 18/06/2012 - 21:02

O melanoma cutâneo primário (MC) é definido como qualquer lesão primária de melanoma da pele, independente da espessura tumoral, em pacientes sem evidências clínicas ou histológicas de doença metastática regional ou à distância.

Abrir arquivo em PDF

Seqüência de Robin: Protocolo Único de Tratamento.

Ilza L. Marques, Telma V. de Sousa, Arakem F. Carneiro, Suely P. de B. A. Peres, Marco A. Barbieri, Heloisa Bettiol.
J Pediatr (Rio J). 2005;81(1):14-22
Número: 694 / Publicado em 18/06/2012 - 21:03

A seqüência de Robin (SR) é descrita na literatura como uma tríade de anomalias caracterizada por micrognatia, glossoptose e fissura de palato. Apesar da fissura palatina estar presente na maioria dos casos, pode estar ausente em alguns. Clinicamente, a tríade se expressa por obstrução das vias aéreas e dificuldades alimentares que são mais freqüentes e mais graves no período neonatal. A heterogeneidade das manifestações clínicas também é uma de suas características, podendo a criança expressar desde leve dificuldade respiratória e alimentar até graves crises de asfixia, que podem levar ao óbito se não houver rápida intervenção médica.

Abrir arquivo em PDF

Protocolo sobre Infecção do Trato Urinário em Crianças.

Emília Leite Ribeiro Sobrinha, Luiz Figueiredo Mello, Mário R. Hirschheimer, Vanda Benini .
Hospital Municipal Infantil Menino Jesus - Prefeitura do Município de São Paulo.
Número: 693 / Publicado em 18/06/2012 - 21:07

Infecção do trato urinário (ITU) caracteriza-se pela invasão e multiplicação bacteriana em qualquer seguimento do aparelho urinário. É considerada a infecção bacteriana mais comum em lactentes, principalmente nos primeiros meses de vida. Atinge preferencialmente o sexo feminino (proporção de cerca de 3 fem :1 masc), exceto durante o primeiro mês de vida quando predomina no sexo masculino. A infeção urinária prevalece nos primeiros anos de vida, atingindo seu pico máximo, por volta dos 3 a 4 anos de idade.

Abrir arquivo em PDF

Footer - v1.3
Atualizado em
02/12/2018
Saude-Direta-Facebook Saude-Direta-LinkedIN Saude-Direta-Twitter