Profissionais: 5627
Prontuários: 218209

Esqueceu a senha? Cadastro da senha

Portal Saude Direta - Busca Palavra

BUSCA POR PALAVRA

POSTAGENS ANTERIORES

TAGS CLOUD

Protocolos - Algoritmos - Diretrizes - Fluxogramas

Baixar o Adobe Acrobat Reader
Para visualizar os conteúdos abaixo é necessário ter o Adobe Acrobat Reader instalado.

Advertência: Estes artigos e resumos são protegidos pela Lei de Direitos Autorais (Lei 9.610/98), sendo vedada a sua transcrição sem citação da fonte e a sua reprodução com finalidades comerciais sem autorização dos autores.

Síndrome de Stevens Johnson (SSJ) e Necrólise Epidérmica Tóxica (NET) em Medicina Intensiva.

Ana Carolina Pedigoni Bulisani; Giselle Domingues Sanches; Helio Penna Guimarães; Renato Delascio Lopes; Letícia Sandre Vendrame; Antonio Carlos Lopes.
Revista Brasileira de Terapia Intensiva Vol. 18 Nº 3, Julho – Setembro, 2006.
Número: 1492 / Publicado em 18/03/2012 - 17:25

Estas doenças caracterizam emergências dermatológicas e seu adequado manuseio e cuidado deve fazer parte do conhecimento rotineiro do médico intensivista.

Abrir arquivo em PDF

Síndrome de Asperger.

Paulo Teixeira.
www.psicologia.com.pt
Número: 1491 / Publicado em 18/03/2012 - 17:25

Esta síndrome parece representar uma desordem neurobiológica que é muitas vezes classificada como uma Pervasive Developmental Disorders (PDD). É caracterizada por desvios e anormalidades em três amplos aspectos do desenvolvimento: interacção social, uso da linguagem para a comunicação e certas características repetitivas ou perserverativas sobre um número limitado, porém intenso, de interesses.

Abrir arquivo em PDF

Síndrome de Apert: Revisão de Literatura e Relato de um Caso Clínico.

Gleicy V.S. Carneiro, Jener G. Farias, Fred A.P. Santos, Patrícia L. Lamberti.
Rev Bras Otorrinolaringol 2008;74(4):640.
Número: 1490 / Publicado em 18/03/2012 - 17:26

A Síndrome de Apert é uma doença genética de herança autossômica dominante, que tem como principais características: a acrocefalia devido à sinostose da sutura coronária e o sindactilismo onde na maioria das vezes é simétrico, envolvendo as quatro extremidades.

Abrir arquivo em PDF

Síndrome de Crouzon.

Adriano Yacubian-Fernandes et al.
Arq Neuropsiquiatr 2007;65(2-B):467-471
Número: 1489 / Publicado em 18/03/2012 - 17:26

A síndrome de Crouzon é caracterizada por deformidade craniana, alterações faciais e exoftalmia. O retardo no desenvolvimento neuropsicomotor é observado em alguns casos. Este estudo tem como objetivo analisar a influência do momento da cirurgia, da classe sócio-econômica associada ao nível educacional dos pais e da ocorrência de malformações do sistema nervoso central no desenvolvimento cognitivo destes pacientes correlacionando estes achados à qualidade de vida deles e de suas famílias.

Abrir arquivo em PDF

Preservação Pós-Operatória de Paciente com Síndrome de Gorlin-Goltz (Síndrome do Carcinoma Basocelular Nevoide).

Stolz ASB, Oliveira MO, Ferreira FV, Uggeri CM.
Rev Sul-Bras Odontol. 2010 Jun;7(2):226-30.
Número: 1488 / Publicado em 18/03/2012 - 17:37

A Síndrome de Gorlin-Goltz, também conhecida como Síndrome do Carcinoma Basocelular Nevoide, é um transtorno hereditário autossômico dominante que se caracteriza pela presença de ceratocistos múltiplos nos maxilares e carcinomas basocelulares, além de alterações musculoesqueléticas, neurológicas, dermatológicas e endócrinas.

Abrir arquivo em PDF

Fatores de Risco para o Comprometimento de Margens Cirúrgicas nas Ressecções de Carcinomas Basocelular (CBC).

Quintas, RCS et al.
Rev. Bras. Cir. Plást. 2008; 23(2): 116-9
Número: 1487 / Publicado em 18/03/2012 - 17:35

Em nossa casuística, o diâmetro das lesões maior que 2cm e os tipos histológicos infiltrante e metatípico foram os principais fatores de risco relacionados ao comprometimento de margens cirúrgicas após ressecção de carcinomas basocelulares.

Abrir arquivo em PDF

Acompanhamento a Longo Prazo de Carcinomas Basocelulares (CBC) com Margens Comprometidas.

Telma Carolina Ritter de Gregorio, Juliano Carlos Sbalchiero, Paulo Roberto Albuquerque Leal.
Rev. Soc. Bras. Cir. Plást. 2005; 20(1): 8-11
Número: 1486 / Publicado em 18/03/2012 - 17:36

O INCa vem adotando recentemente, após deliberação do Grupo para Estudo e Tratamento de Tumores Cutâneos do INCa, a ampliação das margens cirúrgicas somente quando se detecta mais de uma margem positiva ou margem profunda envolvida. Este trabalho reforça esta conduta, na medida em que estabelece que recidivas ocorrem em até 1/3 dos casos também na população nacional – o que justifica o acompanhamento clínico; e que é possível o seguimento a longo prazo em uma instituição pública, como observado nesta série.

Abrir arquivo em PDF

Ações de Prevenção Primária e Secudária no Controle do Câncer - Capítulo 5.

Intervenções de Enfermagem no Controle do Câncer - INCA.
Ministério da Saúde.
Número: 1485 / Publicado em 21/06/2012 - 10:29

O câncer é responsável por mais de 12% de todas as causas de óbito no mundo: mais de 7 milhões de pessoas morrem anualmente da doença. Como a esperança de vida no planeta tem melhorado gradativamente, a incidência de câncer, que em 2002 foi de 11 milhões de casos, alcançará mais de 15 milhões em 2020. Esta previsão, feita em 2005, é da International Union Against Cancer (UICC).

Abrir arquivo em PDF

Fisiopatologia do Câncer - Capítulo 2.

Políticas Públicas de Saúde - INCA.
Ministério da Saúde.
Número: 1484 / Publicado em 21/06/2012 - 10:30

Neste capítulo, pretende-se abordar de forma sintética as alterações morfológicas e funcionais apresentadas pelas células dos tumores malignos. Para tanto, com o propósito de facilitar a compreensão dessas alterações, assinalam-se alguns postulados referentes ao comportamento biológico das células normais.

Abrir arquivo em PDF

Consenso sobre Carcinoma Basocelular e Carcinoma Espinocelular.

Guía de recomendaciones 2005.
Sociedad Argentina de Dermatología.
Número: 1483 / Publicado em 18/03/2012 - 17:29

El carcinoma basocelular (CBC) es un tumor epitelial maligno de localización cutánea, que surge de células pluripotentes de la zona basal de la epidermis y de la vaina radicular externa del pelo a nivel del istmo inferior y de la protuberancia. Es el cáncer más frecuente en el humano, especialmente en la raza blanca, con continuo incremento de su tasa de incidencia en las últimas décadas; involucrando a grupos etários cada vez más jóvenes. El carcinoma espinocelular (CEC) es un tumor maligno de las células queratinizantes de la epidermis y sus anexos. Compromete a la piel y a las mucosas con epitelio escamoso. Es el segundo cáncer más frecuente de la Dermatología, con importante crecimiento de las tasas de incidencia en las últimas décadas, especialmente en inmunodeprimidos.

Abrir arquivo em PDF

Footer - v1.3
Atualizado em
04/02/2016
Saude-Direta-Facebook Saude-Direta-LinkedIN Saude-Direta-Twitter