Profissionais: 5632
Prontuários: 218668

Esqueceu a senha? Cadastro da senha

Portal Saude Direta - Busca Palavra

BUSCA POR PALAVRA

POSTAGENS ANTERIORES

TAGS CLOUD

Protocolos - Algoritmos - Diretrizes - Fluxogramas

Baixar o Adobe Acrobat Reader
Para visualizar os conteúdos abaixo é necessário ter o Adobe Acrobat Reader instalado.

Advertência: Estes artigos e resumos são protegidos pela Lei de Direitos Autorais (Lei 9.610/98), sendo vedada a sua transcrição sem citação da fonte e a sua reprodução com finalidades comerciais sem autorização dos autores.

Crise Hipertensiva (HAS).

Diretrizes Assistenciais.
Hospital Israelita Albert Einstein - Março – 2009.
Número: 1687 / Publicado em 20/06/2012 - 18:31

Fluxograma em Emergência Hipertensiva.

Abrir arquivo em PDF

Recomendações para o Tratamento da Crise Asmática em Unidades de Pronto Atendimento Pediátrico.

Eduardo Juan Troster, Ana Claudia Brandão, Adalberto Stape, Fernanda M. Kamei, Kristine Fahl, Márcio Caldeira A. Moreira, Maria Teresa Bechere Fernandes, Mariana Spadini dos Santos, Victor Nudelman, Norberto A. Freddi.
Hospital Israelita Albert Einstein - Novembro – 2009.
Número: 1686 / Publicado em 20/06/2012 - 18:33

As crises de asma são episódios agudos ou subagudos de piora progressiva da dispnéia, tosse, sibilos, taquipnéia e opressão torácica. É caracterizada pela diminuição do fluxo expiratório que pode ser quantificado pela medida de função pulmonar (peak flow ou VEF1). A finalidade do tratamento é corrigir a obstrução pulmonar e a hipoxemia tão rápido quanto possível e planejar a prevenção de futuras recidivas. O objetivo deste documento é avaliar as evidências disponíveis na literatura sobre o manejo da crise asmática em crianças, e disponibilizar recomendações visando à melhora da prática clínica.

Abrir arquivo em PDF

Fluxo de Atendimento e Dados de Alerta para Qualquer Tipo de Cefaléia no Primeiro Atendimento (PA).

Diretrizes Assistenciais.
Hospital Israelita Albert Einstein - Março - 2012
Número: 1685 / Publicado em 20/06/2012 - 18:34

Serão classificados como emergência (sinais de alerta de alto risco para doenças intracranianas agudas): Cefaléia de instalação súbita (pico de dor desde o início); Cefaléias desencadeadas por atividade física/sexual; Pior dor da vida; Cefaléia associada a qualquer déficit neurológico, mesmo que transitório, ou convulsão; Cefaléia nova pós-trauma de crânio; Cefaléia nova em pacientes com uso de anticoagulantes.

Abrir arquivo em PDF

Condutas na Síndrome Coronária Aguda (SCA). Infarto com Supradesnivel do Segmento ST.

Leonardo Vieira da Rosa, Fernando Ganem.
Sociedade Beneficente de Senhoras Hospital Sírio-Libanês - SP
Número: 1684 / Publicado em 20/06/2012 - 18:36

A síndrome coronária aguda (SCA) envolve um largo espectro de condições clínicas que incluem desde a isquemia silenciosa, passando pela angina aos esforços, a angina instável até o infarto agudo do miocárdio com ou sem supradesnivelamento do segmento ST.

Abrir arquivo em PDF

Teste de Inclinação (Tilt-test) - do Necessário ao Imprescindível

Paula Gonçalves Macedo, Luiz R. Leite, Leopoldo Santos-Neto, Denise Hachul
Sociedade Brasileira de Cardiologia
Número: 1683 / Publicado em 20/06/2012 - 18:42

A síncope vasovagal ou neurocardiogênica é o distúrbio mais frequente no grupo das síncopes neuromediadas, caracteriza-se por falência súbita do sistema nervoso autônomo em manter os níveis da pressão arterial e, em alguns momentos, a frequência cardíaca adequada para manutenção da perfusão cerebral e nível de consciência.

Abrir arquivo em PDF

Síndrome do Desconforto Respiratório Agudo (SDRA).

Fabíola Paula Lovetro Galhardo e José Antônio Baddini Martinez.
Medicina, Ribeirão Preto, 36: 248-256, abr./dez. 2003.
Número: 1682 / Publicado em 10/03/2012 - 20:00

A Síndrome do Desconforto Respiratório Agudo (SDRA) é um quadro de insuficiência respiratória aguda, devido a intensa resposta inflamatória pulmonar, que ocorre frente a agentes agressores diversos. A agressão pulmonar pode ser local, como nas pneumonias ou aspiração gástrica, ou pode ocorrer por via sistêmica, como, por exemplo, nas septicemias.

Abrir arquivo em PDF

Ventilação Mecânica na Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC).

Unidade de Terapia Intensiva Adulto.
Hospital Israelita Albert Einstein - Março - 2009.
Número: 1681 / Publicado em 10/03/2012 - 20:02

A DPOC é uma doença caracterizada por desenvolvimento progressivo de limitação ao fluxo aéreo que não é totalmente reversível. A limitação do fluxo aéreo está associada à inalação de gases e partículas nocivas.

Abrir arquivo em PDF

Protocolo de Desmame do Ventilador.

Diretrizes Assistenciais.
Hospital Israelita Albert Einstein - Fevereiro – 2009.
Número: 1680 / Publicado em 10/03/2012 - 19:32

Desmame: transição da ventilação artificial para a espontânea nos pacientes que permanecem em ventilação mecânica invasiva por tempo superior a 24 h.

Abrir arquivo em PDF

Fluxograma de Ventilação Mecânica na Síndrome do Desconforto Respiratório Agudo (SDRA).

Diretrizes Assistenciais.
Hospital Israelita Albert Einstein - Fevereiro – 2009.
Número: 1679 / Publicado em 20/06/2012 - 18:47

A Síndrome do Desconforto Respiratório Agudo (SDRA) é um quadro de insuficiência respiratória aguda, devido a intensa resposta inflamatória pulmonar, que ocorre frente a agentes agressores diversos. Não existe tratamento específico para a SDRA, e as medidas terapêuticas atuais baseiam-se no suporte ventilatório e no tratamento da condição desencadeadora.

Abrir arquivo em PDF

Fluxograma de Ventilação Mecânica na Crise de Asma Aguda.

Diretrizes Assistenciais.
Hospital Israelita Albert Einstein - Fevereiro – 2009.
Número: 1678 / Publicado em 10/03/2012 - 19:54

CRITÉRIOS DIAGNÓSTICOS - História de broncoespasmo e hiperreatividade brônquica. Crises de dispnéia com sibilância ou tórax silencioso. RX: hiperinsuflado ou normal. Excluir disfunção de vias aéreas superiores (estridor laríngeo ou cornagem). Se necessário = broncoscopia ou laringoscopia.

Abrir arquivo em PDF

Footer - v1.3
Atualizado em
04/02/2016
Saude-Direta-Facebook Saude-Direta-LinkedIN Saude-Direta-Twitter