Profissionais: 5757
Prontuários: 232267

Esqueceu a senha? Cadastro da senha

Portal Saude Direta - Busca Palavra

BUSCA POR PALAVRA

POSTAGENS ANTERIORES

TAGS CLOUD

Protocolos - Algoritmos - Diretrizes - Fluxogramas

Baixar o Adobe Acrobat Reader
Para visualizar os conteúdos abaixo é necessário ter o Adobe Acrobat Reader instalado.

Advertência: Estes artigos e resumos são protegidos pela Lei de Direitos Autorais (Lei 9.610/98), sendo vedada a sua transcrição sem citação da fonte e a sua reprodução com finalidades comerciais sem autorização dos autores.

Segurança no Transporte Veicular de Crianças: Parte II.

Associação Brasileira de Medicina de Tráfego.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 454 / Publicado em 09/03/2012 - 16:06

Os dispositivos de retenção para crianças são projetados para reduzir o risco em caso de colisão ou desaceleração repentina do veículo, limitando o deslocamento do corpo da criança. São compostos de tiras dotadas de fecho de travamento, dispositivos de ajuste, partes para fixação e, em certos casos, dispositivos, como berço portátil, porta-bebê, cadeirinha auxiliar e/ou uma proteção antichoque, que devem ser fixados ao veículo.

Abrir arquivo em PDF

Segurança no Transporte Veicular de Crianças - Parte I.

Associação Brasileira de Medicina de Tráfego.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 453 / Publicado em 09/03/2012 - 16:07

Acidentes de tráfego envolvendo veículos automotores constituem-se em uma das principais causas de morte, ferimentos e incapacidades adquiridas, em todo o mundo. Considerando-se a faixa etária de 5-14 anos, a morte decorrente de ferimentos provocados pelos acidentes de trânsito é a primeira entre todas as mortes por causas definidas, na maioria dos países das Américas, incluindo o Brasil. Em nosso país, milhares de crianças sofrem ferimentos ou morrem em acidentes de trânsito todos os anos.

Abrir arquivo em PDF

Roturas Completas do Manguito Rotador: Tratamento Cirúrgico.

Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia, Colégio Brasileiro de Radiologia.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 452 / Publicado em 09/03/2012 - 16:08

As lesões do manguito rotador são uma das causas mais freqüentes de dor e incapacidade funcional do membro superior. Com o nível de atividade crescente na população atual, lesões que no passado eram prevalentes em pacientes mais idosos atualmente são vistas em pacientes mais novos. Pacientes mais jovens, geralmente, estão envolvidos em atividades atléticas, com movimentos repetitivos do braço acima da cabeça, acidentes de alto impacto ou trabalho pesado. Já indivíduos de meia idade, freqüentemente, apresentam tendinopatia resultante de sobrecarga repetitiva. Nos pacientes mais idosos, o que pode ocorrer é um impacto subacromial verdadeiro, causando atrito ao manguito rotador. A gênese das lesões do manguito acredita-se hoje ser de origem multifatorial.

Abrir arquivo em PDF

Rotura Prematura das Membranas.

Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 451 / Publicado em 09/03/2012 - 16:10

A rotura prematura das membranas (RPM) é definida como rotura espontânea das membranas amnióticas após a 20ª semana de gravidez e antes do início do trabalho de parto. A rotura das membranas amnióticas antes da 20ª semana de gestação caracteriza o quadro de abortamento inevitável. Quando a RPM acontece antes do termo, entre 20 e 37 semanas, ela é classificada como rotura prematura pré-termo das membranas (RPPM). O período decorrido entre a rotura das membranas e o parto é chamado de período de latência.

Abrir arquivo em PDF

Refluxo Vésico-Ureteral.

Sociedade Brasileira de Urologia.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 450 / Publicado em 09/03/2012 - 16:11

O refluxo vésico-ureteral é uma das doenças mais freqüentes no tratamento urológico de crianças. A apresentação clínica mais comum em crianças com refluxo vésico-ureteral é na forma de infecção do trato urinário, que pode ou não ser acompanhada de febre, cuja constatação se faz por meio do exame de urina com urocultura.

Abrir arquivo em PDF

Refluxo Gastroesofágico: Diagnóstico e Tratamento.

Federação Brasileira de Gastroenterologia.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 449 / Publicado em 09/03/2012 - 16:11

O Consenso Brasileiro da Doença do Refluxo Gastroesofágico (CBDRGE) definiu a DRGE como uma afecção crônica decorrente do fluxo retrógrado do conteúdo gastroduodenal para o esôfago e/ou órgãos adjacentes a ele, acarretando um espectro variável de sintomas e/ou sinais esofagianos e/ou extraesofagianos, associados ou não a lesões teciduais.

Abrir arquivo em PDF

Reconstrução do Ligamento Cruzado Anterior: Escolha do Enxerto.

Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 448 / Publicado em 09/03/2012 - 16:12

A cirurgia de reconstrução do Ligamento Cruzado Anterior (LCA) é comumente realizada na prática ortopédica. A escolha do melhor enxerto autólogo para a reconstrução do LCA, em joelhos com insuficiência deste ligamento, tem sido assunto de debate.

Abrir arquivo em PDF

Rastreamento do Sedentarismo em Adultos e Intervenções na Promoção da Atividade Física na Atenção Primária à Saúde.

Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade, Sociedade Brasileira de Clínica Médica, Sociedade Brasileira de Medicina do Esporte, Associação Brasileira de Medicina Física e Reabilitação
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 447 / Publicado em 09/03/2012 - 16:14

No Brasil, aproximadamente 70% dos adultos são sedentários; na cidade de Porto Alegre, 56% das mulheres e 37% dos homens têm esse perfil. Indivíduos fisicamente ativos tem morbidade e mortalidade menor por diversas doenças crônicodegenerativas (câncer, diabetes tipo 2, hipertensão, doenças cardiovasculares) do que indivíduos sedentários. Isto também ocorre quando comparados indivíduos com sobrepeso ou obesidade ativos com indivíduos sedentários com peso normal, sendo a atividade física tão importante quanto a obesidade e o sobrepeso como preditores de mortalidade, pelo menos entre os homens. Os benefícios da atividade física, principalmente aqueles de intensidade moderada, são observados em diversos estudos populacionais.

Abrir arquivo em PDF

Raquitismo Hipofosfatêmico Ligado ao X.

Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 446 / Publicado em 09/03/2012 - 16:15

O raquitismo hipofosfatêmico ligado ao X é considerado a causa mais comum de raquitismo hereditário. Representa também a etiologia mais freqüente dentre as doenças hereditárias que causam aumento da perda renal de fósforo.

Abrir arquivo em PDF

Obstrução Intestinal Neonatal: Diagnóstico e Tratamento.

Associação Brasileira de Cirurgia Pediátrica, Colégio Brasileiro de Cirurgiões, Colégio Brasileiro de Radiologia.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 445 / Publicado em 09/03/2012 - 16:15

A obstrução intestinal neonatal pode ser definida por ausência de eliminação de mecônio, acompanhada de distensão abdominal progressiva e vômitos, ainda que até 30% das obstruções apresentem eliminação meconial nos primeiros dias.

Abrir arquivo em PDF

Footer - v1.3
Atualizado em
04/02/2016
Saude-Direta-Facebook Saude-Direta-LinkedIN Saude-Direta-Twitter