Profissionais: 7152
Prontuários: 520352

Protocolos/Algoritmos/Diretrizes/Fluxogramas

Advertência: Estes artigos e resumos são protegidos pela Lei de Direitos Autorais (Lei 9.610/98), sendo vedada a sua transcrição sem citação da fonte e a sua reprodução com finalidades comerciais sem autorização dos autores.

Adobe Acrobat Reader
É necessário o Adobe Acrobat Reader instalado.

Fitas R√°pidas PediaTape - Broselow Tape¬ģ

James Broselow
https://www2.pediatape.com/php/pediatape/pt-br/node/29
Número: 2563 / Publicado em 09/12/2012 - 19:04

No in√≠cio dos anos 1980, James Broselow trabalhava como m√©dico na sala de emerg√™ncias, e percebeu o qu√£o dif√≠cil √© tratar crian√ßas em situa√ß√Ķes de emerg√™ncia. Pensou que deveria trabalhar de uma maneira melhor, e foi ent√£o que surgiu a Broselow Tape¬ģ. Este instrumento simples, por√©m eficaz, codificado por cores, determina o peso corporal baseado no comprimento do corpo, permitindo assim uma dosagem correta al√©m de fornecer informa√ß√Ķes sobre as vias a√©reas das crian√ßas.

Abrir arquivo em PDF

Preval√™ncia de Transtornos relacionados ao Uso de √Ālcool antes e ap√≥s Cirurgia Bari√°trica

CISA - Centro de Informa√ß√Ķes sobre Sa√ļde e √Ālcool
http://www.cisa.org.br/novo_home.php
Número: 2562 / Publicado em 01/01/2013 - 22:59

Com o aumento dos casos de obesidade nos Estados Unidos, a cirurgia bariátrica tem se tornado um procedimento cada vez mais comum, sendo considerada hoje o tratamento mais eficaz e durador para casos de obesidade mórbida. Embora a cirurgia diminua a mortalidade desses pacientes a longo prazo e com baixa incidência de efeitos adversos a curto prazo, há relatos na literatura de que esse procedimento estaria relacionado a um aumento de risco para desenvolvimento de transtornos relacionados ao uso do álcool (TRA), ou seja, abuso ou dependência.

Abrir arquivo em PDF

Quem est√° mais exposto ao uso nocivo de √°lcool?

CISA - Centro de Informa√ß√Ķes sobre Sa√ļde e √Ālcool
http://www.cisa.org.br/novo_home.php
Número: 2561 / Publicado em 17/10/2012 - 15:02

O uso nocivo de √°lcool √© um grande problema de sa√ļde p√ļblica no Brasil e no mundo. De acordo com a Organiza√ß√£o Mundial de Sa√ļde (OMS), cerca de dois bilh√Ķes de pessoas consomem bebidas alco√≥licas (40% da popula√ß√£o mundial acima de 15 anos de idade) e, a cada ano, cerca de dois milh√Ķes de pessoas morrem em decorr√™ncia de consequ√™ncias negativas desse uso (intoxica√ß√Ķes agudas, viol√™ncia e acidentes de tr√Ęnsito).

Abrir arquivo em PDF

Compreensão da coocorrência de comportamentos como consumo de álcool, transtornos alimentares, prática de atividades físicas a partir da drunkorexia

CISA - Centro de Informa√ß√Ķes sobre Sa√ļde e √Ālcool
http://www.cisa.org.br/novo_home.php
Número: 2560 / Publicado em 14/09/2012 - 15:47

Este estudo mostra a coocorr√™ncia de comportamentos como o consumo de √°lcool, alimenta√ß√£o desordenada, a pr√°tica de atividades f√≠sicas e o controle de peso no fen√īmeno drunkorexia.

Abrir arquivo em PDF

Trato Respirat√≥rio: Crit√©rios Nacionais de Infec√ß√Ķes relacionadas √† Assist√™ncia √† Sa√ļde

Unidade de Investiga√ß√£o e Preven√ß√£o das Infec√ß√Ķes e dos Eventos Adversos
Ag√™ncia Nacional de Vigil√Ęncia Sanit√°ria - Setembro de 2009
Número: 2559 / Publicado em 24/08/2012 - 08:17

Este documento √© o resultado de muitas horas de debates e de revis√Ķes bibliogr√°ficas nacionais e internacionais. Ele procura padronizar os conceitos epidemiol√≥gicos deste tipo de infec√ß√£o com a finalidade de instrumentalizar os profissionais que atuam na √°rea de controle de infec√ß√£o relacionada √† assist√™ncia √† sa√ļde no desenvolvimento de um trabalho de qualidade, al√©m de possibilitar o acompanhamento do perfil epidemiol√≥gico das infec√ß√Ķes, tanto no n√≠vel local como nacionalmente.

Abrir arquivo em PDF

Algoritmo - Contracepção de Emergência (C.E.)

A.M.A.
Prefeitura Municipal de S√£o Paulo
Número: 2558 / Publicado em 14/08/2012 - 10:43

Algoritmo das fases de atendimento.

Abrir arquivo em PDF

Diretrizes e Algoritmo para o Manejo da Ins√īnia

Marcelo T. Berlim, Maria Inês Lobato e Gisele Gus Manfro
Psicof√°rmacos: Consulta R√°pida; Porto Alegre, Artmed, 2005, p.385
Número: 2557 / Publicado em 14/08/2012 - 10:39

A caracter√≠stica essencial da ins√īnia √© a dificuldade para iniciar ou para manter o sono ou o relato, por parte do paciente, de um sono n√£o reparador.

Abrir arquivo em PDF

Protocolos Clínicos - Abordagem ao Paciente Politraumatizado

Vieira, C.A.S; Mafra, A.A. ; Andrade, J.M.O.
Secretaria de Estado de Sa√ļde de Minas Gerais - Belo Horizonte, janeiro de 2011
Número: 2556 / Publicado em 14/08/2012 - 10:35

Trauma nos pa√≠ses ocidentais √© a terceira causa morte, depois de doen√ßas cardiovasculares e c√Ęnceres, sendo naqueles abaixo de 45 anos de idade, a primeira causa de morte. Acomete principalmente a popula√ß√£o economicamente ativa, com conseq√ľ√™ncias sociais de elevado custo. No caso de sobreviv√™ncia ap√≥s o trauma, podem estar associadas seq√ľelas definitivas e irrevers√≠veis, com conseq√ľ√™ncias nefastas no plano humano e econ√īmico, para o paciente e familiares.

Abrir arquivo em PDF

Intoxica√ß√Ķes Ex√≥genas em Cl√≠nica M√©dica

Simpósio: Urgências e Emergências Dermatológicas e Toxicológicas Capítulo III
Medicina, Ribeir√£o Preto, 36: 472-479, abr./dez.2003
Número: 2555 / Publicado em 14/08/2012 - 10:26

Na primeira parte desta revis√£o, s√£o discutidas as medidas gerais de tratamento das intoxica√ß√Ķes ex√≥genas (indu√ß√£o de v√īmitos, lavagem g√°strica, administra√ß√£o de carv√£o ativado e de laxativos) e as medidas espec√≠ficas de elimina√ß√£o dos agentes t√≥xicos (diurese for√ßada e alcaliniza√ß√£o da urina, hemodi√°lise e hemoperfus√£o e a utiliza√ß√£o de ant√≠dotos e antagonistas). Na segunda parte, s√£o discutidos os princ√≠pios do tratamento das mais freq√ľentes intoxica√ß√Ķes ex√≥genas em nosso meio (pesticidas agr√≠colas, depressores do sistema nervoso central e raticidas).

Abrir arquivo em PDF

Rela√ß√£o entre Acidentes de Tr√Ęnsito e √Ālcool

CISA - Centro de Informa√ß√Ķes sobre Sa√ļde e √Ālcool
http://www.cisa.org.br/novo_home.php
Número: 2554 / Publicado em 11/08/2012 - 13:56

Not√≠cias de acidentes de tr√Ęnsito com v√≠timas fatais envolvendo o uso de √°lcool s√£o frequentes. Mas, apesar de a maioria da popula√ß√£o saber da rela√ß√£o entre as altas taxas de mortalidade no tr√Ęnsito e o consumo dessa subst√Ęncia, ainda persistem muitas d√ļvidas sobre o uso de √°lcool por motoristas, principalmente sobre seus efeitos no organismo e os riscos que se corre ao dirigir embriagado.

Abrir arquivo em PDF

Portal Saúde Direta - Footer
Atualizado em
14/09/2020
Saude-Direta-Facebook Saude-Direta-LinkedIN Saude-Direta-Twitter