Profissionais: 7196
Prontuários: 550577

Protocolos/Algoritmos/Diretrizes/Fluxogramas

Advertência: Estes artigos e resumos são protegidos pela Lei de Direitos Autorais (Lei 9.610/98), sendo vedada a sua transcrição sem citação da fonte e a sua reprodução com finalidades comerciais sem autorização dos autores.

Adobe Acrobat Reader
É necessário o Adobe Acrobat Reader instalado.

Insuficiência Cardíaca Aguda

Camila dos S. M. de Souza, Carlos N. Pires, Ricardo M. Rocha
Revista do Hospital Universit√°rio Pedro Ernesto, UERJ - Ano 7, Julho / Dezembro de 2008
Número: 2152 / Publicado em 31/03/2012 - 07:39

A insufici√™ncia card√≠aca (IC) √© a via final comum da maioria das cardiopatias. Sua preval√™ncia √© crescente, com altos √≠ndices de hospitaliza√ß√£o, relacionando-se com elevada morbi-mortalidade. Nesse cap√≠tulo, atualizaremos o tratamento da IC aguda ou descompensada, grande desafio na condu√ß√£o dos pacientes, nos quais temos por objetivo maior, al√©m do controle dos sintomas, utilizar interven√ß√Ķes que contribuam com a preven√ß√£o da morte e melhora da qualidade de vida.

Abrir arquivo em PDF

Como Eu Trato Fogachos em Mulheres com C√Ęncer de Mama

Geila Ribeiro Nu√Īez, Auro del Giglio
einstein: Educ Contin Sa√ļde. 2011;9(2 Pt 2): 109-10
Número: 2151 / Publicado em 31/03/2012 - 07:30

Fogachos s√£o frequentes em pacientes p√≥s-menopausadas com c√Ęncer de mama. Temos um algoritmo que detalha possibilidades de abordagem de pacientes em uso de tamoxifeno, cuja metaboliza√ß√£o pelo citocromo CYPD6 para formar endoxifeno (metab√≥lito ativo do tamoxifeno) pode ser prejudicada por v√°rios dos antidepressivos inibidores de serotonina, mas em menor intensidade pela venlafaxina. Apresentamos a abordagem de uma paciente com fogachos que n√£o use inibidores de aromatase cujo metabolismo n√£o utiliza o citocromo CYPD6.

Abrir arquivo em PDF

Como Eu Trato Trauma: Resultados de Pesquisa Interativa

Cruz RL et al.
Rev Bras Cir Craniomaxilofac 2008; 11(3): 94-104
Número: 2150 / Publicado em 31/03/2012 - 07:20

Em junho de 2008, durante o X Congresso Brasileiro de Cirurgia Cranio-Maxilo-Facial, foi programado um Painel com o t√≠tulo ‚ÄúComo eu trato: Trauma‚ÄĚ, no qual apresentamos casos cl√≠nicos que geraram perguntas variadas, abordando controv√©rsias na conduta a ser tomada. Naquela oportunidade, realizamos pesquisa interativa com os 142 cirurgi√Ķes presentes na plat√©ia, e este trabalho tem como objetivo divulgar estes resultados.

Abrir arquivo em PDF

Lacrimejamento ‚Äď Como eu trato

Luis Carlos F. De S√°
http://www.cbo.com.br/cbo/sociedades/pediatria/artigos/lacrimejamento.pdf
Número: 2149 / Publicado em 31/03/2012 - 07:14

A causa mais comum de lacrimejamento do recém-nascido é uma obstrução do canal lacrimal. Além da obstrução congênita das vias lacrimais que é a causa mais comum, outras doenças como glaucoma congênito, conjuntivite, triquiase (cílios que nascem virados para o olho) e fechamento incompleto das pálpebras também podem provocar lacrimejamento.

Abrir arquivo em PDF

Algoritmo para Investiga√ß√£o - Tosse Cr√īnica

PR_An√°lise
http://www.paranalise.com.br/page/algoritmos.html
Número: 2148 / Publicado em 30/03/2012 - 20:20

Algoritmos diagnósticos são fluxogramas que auxiliam o médico na conduta clínica, indicando possíveis vias de decisão que levam ao correto diagnóstico. Estes algoritmos têm o objetivo exclusivo de auxiliar o médico, sendo que não substituem a interpretação e avaliação médica dos exames.

Abrir arquivo em PDF

Algoritmo para Investigação - Testes Bioquímicos Hepáticos

PR_An√°lise
http://www.paranalise.com.br/page/algoritmos.html
Número: 2147 / Publicado em 30/03/2012 - 20:19

Algoritmos diagnósticos são fluxogramas que auxiliam o médico na conduta clínica, indicando possíveis vias de decisão que levam ao correto diagnóstico. Estes algoritmos têm o objetivo exclusivo de auxiliar o médico, sendo que não substituem a interpretação e avaliação médica dos exames.

Abrir arquivo em PDF

Algoritmo para Investigação - Suspeita Clínica de Fibrose Cística

PR_An√°lise
http://www.paranalise.com.br/page/algoritmos.html
Número: 2146 / Publicado em 30/03/2012 - 20:18

Algoritmos diagnósticos são fluxogramas que auxiliam o médico na conduta clínica, indicando possíveis vias de decisão que levam ao correto diagnóstico. Estes algoritmos têm o objetivo exclusivo de auxiliar o médico, sendo que não substituem a interpretação e avaliação médica dos exames.

Abrir arquivo em PDF

Algoritmo para Investiga√ß√£o - Suspeita Cl√≠nica de L√ļpus Eritematoso Sist√™mico

PR_An√°lise
http://www.paranalise.com.br/page/algoritmos.html
Número: 2145 / Publicado em 30/03/2012 - 20:16

Algoritmos diagnósticos são fluxogramas que auxiliam o médico na conduta clínica, indicando possíveis vias de decisão que levam ao correto diagnóstico. Estes algoritmos têm o objetivo exclusivo de auxiliar o médico, sendo que não substituem a interpretação e avaliação médica dos exames.

Abrir arquivo em PDF

Algoritmo para Investigação - Suspeita Clínica de Endocardite Infecciosa (EI)

PR_An√°lise
http://www.paranalise.com.br/page/algoritmos.html
Número: 2144 / Publicado em 30/03/2012 - 20:15

Algoritmos diagnósticos são fluxogramas que auxiliam o médico na conduta clínica, indicando possíveis vias de decisão que levam ao correto diagnóstico. Estes algoritmos têm o objetivo exclusivo de auxiliar o médico, sendo que não substituem a interpretação e avaliação médica dos exames.

Abrir arquivo em PDF

Algoritmo para Investiga√ß√£o - Sele√ß√£o de Pacientes para Tratamento de Hepatite B Cr√īnica

PR_An√°lise
http://www.paranalise.com.br/page/algoritmos.html
Número: 2143 / Publicado em 30/03/2012 - 20:14

Algoritmos diagnósticos são fluxogramas que auxiliam o médico na conduta clínica, indicando possíveis vias de decisão que levam ao correto diagnóstico. Estes algoritmos têm o objetivo exclusivo de auxiliar o médico, sendo que não substituem a interpretação e avaliação médica dos exames.

Abrir arquivo em PDF

Portal Saúde Direta - Footer
Atualizado em
14/09/2020
Saude-Direta-Facebook Saude-Direta-LinkedIN Saude-Direta-Twitter