Profissionais: 7137
Prontuários: 513751

Protocolos/Algoritmos/Diretrizes/Fluxogramas

Advertência: Estes artigos e resumos são protegidos pela Lei de Direitos Autorais (Lei 9.610/98), sendo vedada a sua transcrição sem citação da fonte e a sua reprodução com finalidades comerciais sem autorização dos autores.

Adobe Acrobat Reader
É necessário o Adobe Acrobat Reader instalado.

Parte III – Protocolo de Doenças Infecciosas: InfecçÔes Virais Comuns (CapĂ­tulo 62).

Fernando Suarez Alvarez, Marcelo Dominguez Canetti, Wilson Braz CorrĂȘa Filho, Danielle Borghi
Secretaria de SaĂșde e Defesa Civil - Governo do Rio de Janeiro - 2010
Número: 823 / Publicado em 12/03/2012 - 10:52

Ocorrem principalmente durante o inverno. Disseminação pela tosse. Incubação de 2 dias em média.

Abrir arquivo em PDF

Parte I – Protocolo de ClĂ­nica MĂ©dica: Cirrose (CapĂ­tulo 45).

Fernando Suarez Alvarez, Marcelo Dominguez Canetti, Wilson Braz CorrĂȘa Filho, Danielle Borghi
Secretaria de SaĂșde e Defesa Civil - Governo do Rio de Janeiro - 2010
Número: 821 / Publicado em 12/03/2012 - 09:26

Resultado de lesĂŁo hepatocelular que leva a fibrose e regeneração nodular por todo o fĂ­gado. Pode ser causada por hepatite viral crĂŽnica, ingestĂŁo crĂŽnica de ĂĄlcool, toxicidade medicamentosa e outras. ComplicaçÔes da cirrose que levam a sala de emergĂȘncia: encefalopatia hepĂĄtica, ascite com comprometimento respiratĂłrio, peritonite bacteriana espontĂąnea e hemorragia digestiva.

Abrir arquivo em PDF

Parte I – Protocolo de ClĂ­nica MĂ©dica: InsuficiĂȘncia HepĂĄtica Aguda (CapĂ­tulo 44).

Fernando Suarez Alvarez, Marcelo Dominguez Canetti, Wilson Braz CorrĂȘa Filho, Danielle Borghi
Secretaria de SaĂșde e Defesa Civil - Governo do Rio de Janeiro - 2010
Número: 820 / Publicado em 12/03/2012 - 09:53

Condição incomum. Definida como desenvolvimento de encefalopatia hepåtica em 12 semanas ou menos, em paciente sem doença hepåtica preexistente. Pode ser causada por: hepatite viral (A, B, C, Delta, E ou G), fígado gorduroso da gravidez, síndrome de Reye, síndrome HELLP, choque circulatório, hipertermia e toxicidade medicamentosa (acetaminofen, isoniazida, halotano, etc.). A identificação da causa é importante, pois existem tratamentos específicos para intoxicaçÔes medicamentosas e overdose.

Abrir arquivo em PDF

Parte I – Protocolo de ClĂ­nica MĂ©dica: DisĂșria (CapĂ­tulo 43).

Fernando Suarez Alvarez, Marcelo Dominguez Canetti, Wilson Braz CorrĂȘa Filho, Danielle Borghi
Secretaria de SaĂșde e Defesa Civil - Governo do Rio de Janeiro - 2010
Número: 819 / Publicado em 12/03/2012 - 09:53

TAbela de diagnĂłstico diferencial da sĂ­ndrome clĂ­nica de disĂșria.

Abrir arquivo em PDF

Parte I – Protocolo de ClĂ­nica MĂ©dica: OligĂșria ou AnĂșria (CapĂ­tulo 42).

Fernando Suarez Alvarez, Marcelo Dominguez Canetti, Wilson Braz CorrĂȘa Filho, Danielle Borghi
Secretaria de SaĂșde e Defesa Civil - Governo do Rio de Janeiro - 2010
Número: 818 / Publicado em 12/03/2012 - 09:55

Pode ser causada por causas prĂ©-renais, intrĂ­nsecas dos rins ou pĂłsrenais. As causas prĂ©-renais sĂŁo: hipovolemia, sepse e insuficiĂȘncia cardĂ­aca. Causas renais: doenças tubulares, intersticiais ou glomerulares. Causas pĂłs-renais obstrutivas (cĂĄlculo em caso de rim Ășnico, prĂłstata aumentada, tumores e fibrose retroperitoneal).

Abrir arquivo em PDF

Parte I – Protocolo de ClĂ­nica MĂ©dica: InsuficiĂȘncia Renal Aguda (CapĂ­tulo 41).

Fernando Suarez Alvarez, Marcelo Dominguez Canetti, Wilson Braz CorrĂȘa Filho, Danielle Borghi
Secretaria de SaĂșde e Defesa Civil - Governo do Rio de Janeiro - 2010
Número: 817 / Publicado em 12/03/2012 - 10:10

Pode ser causada por: hipovolemia de qualquer etiologia, doenças glomerulares ou uso de substùncias nefrotóxicas. Qualquer que seja a etiologia leva a acumulação de produtos nitrogenados no sangue.

Abrir arquivo em PDF

Parte I – Protocolo de ClĂ­nica MĂ©dica: Dor Escrotal (CapĂ­tulo 40).

Fernando Suarez Alvarez, Marcelo Dominguez Canetti, Wilson Braz CorrĂȘa Filho, Danielle Borghi
Secretaria de SaĂșde e Defesa Civil - Governo do Rio de Janeiro - 2010
Número: 816 / Publicado em 12/03/2012 - 10:11

Trauma Ă© uma causa frequente. Pode ser causado por processos infecciosos como orquite e epididimite. Quando associado a dor no flanco e hematĂșria indica litĂ­ase urinĂĄria. Processos de tratamento cirĂșrgico como hĂ©rnia encarcerada podem causar dor escrotal.

Abrir arquivo em PDF

Parte I – Protocolo de ClĂ­nica MĂ©dica: Dor CiĂĄtica (CapĂ­tulo 39).

Fernando Suarez Alvarez, Marcelo Dominguez Canetti, Wilson Braz CorrĂȘa Filho, Danielle Borghi
Secretaria de SaĂșde e Defesa Civil - Governo do Rio de Janeiro - 2010
Número: 815 / Publicado em 12/03/2012 - 10:11

Representa geralmente a agudização de um processo crĂŽnico. Na maior parte das vezes Ă© causada pela herniação do nĂșcleo pulposo, conhecida como hĂ©rnia de disco, que comprime uma raiz nervosa. Outras causas: tumor, infecção, estenose de forame e sĂ­ndrome piriforme. 95% das hĂ©rnias ocorrem nos nĂ­veis entre L4 e L5 e/ou L5 e S1. Cerca de 80% dos pacientes com hĂ©rnia de disco melhoram sem cirurgia.

Abrir arquivo em PDF

Parte I – Protocolo de ClĂ­nica MĂ©dica: Artrite Gotosa (CapĂ­tulo 38).

Fernando Suarez Alvarez, Marcelo Dominguez Canetti, Wilson Braz CorrĂȘa Filho, Danielle Borghi
Secretaria de SaĂșde e Defesa Civil - Governo do Rio de Janeiro - 2010
Número: 814 / Publicado em 12/03/2012 - 10:11

Apresentação sĂșbita de dor extrema da articulação acompanhada de calor, induração, rubor e hiperemia. É mais comum na articulação metatarso falangeana do primeiro artelho.

Abrir arquivo em PDF

Parte I – Protocolo de ClĂ­nica MĂ©dica: Dor Cervical e Lombar (CapĂ­tulo 37).

Fernando Suarez Alvarez, Marcelo Dominguez Canetti, Wilson Braz CorrĂȘa Filho, Danielle Borghi
Secretaria de SaĂșde e Defesa Civil - Governo do Rio de Janeiro - 2010
Número: 813 / Publicado em 12/03/2012 - 10:12

Causa comum de atendimento na emergĂȘncia.Pode ser causada por trauma, doença degenerativa, neoplasia ou infecção. Pacientes com idade inferior a 18 anos e superior a 50 anos tem maior chance de apresentarem uma patologia mais grave como causa dos sintomas. Pesquisar sempre histĂłria de trauma e excluir fratura de corpo vertebral.

Abrir arquivo em PDF

Portal Saúde Direta - Footer
Atualizado em
14/09/2020
Saude-Direta-Facebook Saude-Direta-LinkedIN Saude-Direta-Twitter