Profissionais: 7152
Prontuários: 522061

Protocolos/Algoritmos/Diretrizes/Fluxogramas

Advertência: Estes artigos e resumos são protegidos pela Lei de Direitos Autorais (Lei 9.610/98), sendo vedada a sua transcrição sem citação da fonte e a sua reprodução com finalidades comerciais sem autorização dos autores.

Adobe Acrobat Reader
É necessário o Adobe Acrobat Reader instalado.

Hidronefrose Antenatal: Diagnóstico e Tratamento.

Sociedade Brasileira de Urologia.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 428 / Publicado em 09/03/2012 - 16:36

Um por cento das gesta√ß√Ķes evolui com anomalia estrutural fetal significativa. Destas, 50% envolvem o sistema nervoso central, 20% s√£o geniturin√°rias, 15% gastrintestinais e 8% cardiopulmonares. Hidronefrose (HN) antenatal √© a presen√ßa no feto de um ou ambos os rins com algum grau de dilata√ß√£o do sistema pielocalicial e est√° presente em 50% das anomalias urogenitais. As causas de HN pr√©-natal podem ter ou n√£o origem no trato urin√°rio.

Abrir arquivo em PDF

Hidronefrose Antenatal: Avaliação Pós-Natal.

Sociedade Brasileira de Urologia, Colégio Brasileiro de Radiologia.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 427 / Publicado em 09/03/2012 - 16:37

A anormalidade ultra-sonogr√°fica fetal mais comum √© a dilata√ß√£o do sistema coletor renal: o impacto da hidronefrose fetal na uropatia obstrutiva neonatal √© bastante significativo e relevante. Assim, a medida do di√Ęmetro √Ęntero-posterior da p√©lvis, em momentos variados e n√£o-uniformes, pode refletir conflito no diagn√≥stico e seguimento p√≥s-natal.

Abrir arquivo em PDF

Hermafroditismo Verdadeiro: Diagnóstico e Tratamento.

Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, Sociedade Brasileira de Pediatria.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 426 / Publicado em 09/03/2012 - 16:38

Na maior parte do mundo, o Hermafroditismo Verdadeiro (HV) √© uma causa rara de ambig√ľidade genital, variando de 2% a 10%; no entanto, na √Āfrica do Sul, corresponde a cerca de 50% dos casos de intersexo. Est√° inclu√≠do entre os dist√ļrbios da determina√ß√£o gonadal, por√©m com etiopatogenia ainda desconhecida.

Abrir arquivo em PDF

Espasticidade: Procedimentos Neurocir√ļrgicos.

Associação Brasileira de Medicina Física e Reabilitação.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 425 / Publicado em 09/03/2012 - 16:41

Os procedimentos neurocir√ļrgicos podem ser ablativos ou moduladores e realizados sobre o Sistema Nervoso Central (SNC) ou Perif√©rico (SNP).

Abrir arquivo em PDF

Espasticidade: Procedimentos Cir√ļrgicos Ortop√©dicos.

Associação Brasileira de Medicina Física e Reabilitação.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 424 / Publicado em 09/03/2012 - 16:42

A cirurgia ortopédica ocupa um lugar importante no tratamento da espasticidade e tem o momento ideal de seu uso, quando os resultados são melhores e sempre coadjuvantes às outras formas de tratamento. Os objetivos vão desde procedimentos para o alívio da dor, facilitar os cuidados, aumento da capacidade funcional até melhora no padrão de deambulação.

Abrir arquivo em PDF

Doenças da Tireóide: Utilização dos Testes Diagnósticos.

Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 422 / Publicado em 09/03/2012 - 16:45

A secre√ß√£o hipofis√°ria de TSH regula a secre√ß√£o de T4 (tiroxina) e T3 (triiodotironina), que por sua vez exercem feedback negativo no tireotrofo hipofis√°rio com uma rela√ß√£o log-linear. Desta forma, pequenas altera√ß√Ķes nas concentra√ß√Ķes dos horm√īnios tireoidianos livres resultam em grandes altera√ß√Ķes nas concentra√ß√Ķes s√©ricas de TSH, tornando o TSH o melhor indicador de altera√ß√Ķes discretas da produ√ß√£o tireoidiana.

Abrir arquivo em PDF

Assistência aoTrabalho de Parto.

Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia.
Projeto Diretrizes- Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 421 / Publicado em 09/03/2012 - 16:46

Examinar as principais condutas na assist√™ncia ao parto √† luz das melhores evid√™ncias dispon√≠veis. Dura√ß√£o do trabalho de parto, incid√™ncia de cesariana, lacera√ß√Ķes de trajeto, uso de ocitocina, √≠ndice de Apgar.

Abrir arquivo em PDF

Diagnóstico e Tratamento da Urticária

Sociedade Brasileira de Alergia e Imunopatologia.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 420 / Publicado em 09/03/2012 - 16:48

As urtic√°rias se classificam em agudas e cr√īnicas de acordo com o tempo de evolu√ß√£o, sendo que as agudas t√™m menos de 6 semanas de evolu√ß√£o enquanto que as cr√īnicas t√™m mais de 6 semanas de evolu√ß√£o.

Abrir arquivo em PDF

Obesidade: Tratamento Dietético.

Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 419 / Publicado em 09/03/2012 - 16:49

Apesar de não existir controvérsia sobre o fato de que um balanço energético negativo causado por uma redução na ingestão calórica resulte em diminuição da massa corporal, há muita divergência sobre a melhor maneira de se reduzir esta ingestão.

Abrir arquivo em PDF

Obesidade: Tratamento.

Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 418 / Publicado em 09/03/2012 - 16:50

O tratamento da obesidade é complexo e multidisciplinar. Não existe nenhum tratamento farmacológico em longo prazo que não envolva mudança de estilo de vida.

Abrir arquivo em PDF

Portal Saúde Direta - Footer
Atualizado em
14/09/2020
Saude-Direta-Facebook Saude-Direta-LinkedIN Saude-Direta-Twitter