Profissionais: 7122
Prontuários: 505501

Protocolos/Algoritmos/Diretrizes/Fluxogramas

Advertência: Estes artigos e resumos são protegidos pela Lei de Direitos Autorais (Lei 9.610/98), sendo vedada a sua transcrição sem citação da fonte e a sua reprodução com finalidades comerciais sem autorização dos autores.

Adobe Acrobat Reader
É necessário o Adobe Acrobat Reader instalado.

Atenção Farmacêutica na Prevenção de Interações Medicamentosas em Hipertensos.

Moreno AH, Nogueira EP, Perez MPMS, Lima LRO.
Rev Inst Ciênc Saúde. 2007;25(4):373-7.
Número: 91 / Publicado em 26/09/2010 - 10:12

O uso concomitante de vários medicamentos tem como objetivo a tentativa de que o tratamento seja eficaz e satisfatório. Porém, surge a possibilidade de interferência mútua de ações e modificação dos efeitos terapêuticos, no sentido de aumentar ou diminuir a eficácia terapêutica e ainda acentuar ou atenuar os fenômenos indesejáveis dos medicamentos, principalmente em indivíduos idosos e portadores de doenças crônicas, como hipertensão arterial e diabetes. O objetivo do presente trabalho foi analisar possíveis interações medicamentosas em pacientes idosos e hipertensos residentes no município de Araraquara-SP.

Abrir arquivo em PDF

Receita Médica Digital reduz Erros em 66%

G1 - 27/06/2007
G1- Portal de Notícias da Globo
Número: 90 / Publicado em 26/09/2010 - 10:13

Estudo mostra a redução nos erros quando essas receitas são feitas no PC, e não à mão. O principal motivo é o fato de a letra dos médicos facilitarem enganos.

Abrir arquivo em PDF

Intoxicação Medicamentosa no Idoso

Adélia Corina Alves Bernardes, Marlus Chorilli, Yoko Oshima-Franco
Saúde em Revista
Número: 89 / Publicado em 18/09/2010 - 12:38

Os idosos são mais susceptíveis aos efeitos adversos dos medicamentos devido a muitos fatores, como a utilização excessiva, a função reduzida de vários sistemas fisiológicos, a excreção e o metabolismo alterados. Este artigo enfoca as principais alterações metabólicas que ocorrem no idoso, bem como a terapêutica clínica para este paciente, fatores responsáveis, na maioria das vezes, por quadros de intoxicação medicamentosa. Nesse contexto, a atenção, principalmente médica-farmacêutica-familiar, deve ser redobrada, envolvendo também a conscientização de toda a sociedade brasileira a respeito do idoso.

Abrir arquivo em PDF

Fitoterápicos e Potenciais Interações Medicamentosas na Terapia do Câncer.

Heidge Fukumasu, Andreia Oliveira Latorre, Natalia Bracci, Silvana Lima Górniak, Maria Lucia Zaidan Dagli
Revista Brasileira de Toxicologia 21, n.2 (2008) 49-59
Número: 88 / Publicado em 26/09/2010 - 10:10

Algumas destas plantas têm demonstrado efeitos quimiopreventivos e antineoplásicos promissores, no entanto, o principal problema ocorre quando estas são consumidas simultaneamente com os medicamentos convencionais prescritos, pois muitas vezes podem ocorrer interações medicamentosas perigosas.

Abrir arquivo em PDF

Reações Adversas a Medicamentos em Idosos: como Prevê-las?

Maria Cristina Guerra Passarelli, Wilson Jacob Filho.
Einstein. 2007; 5(3):246-251.
Número: 87 / Publicado em 28/06/2011 - 14:37

Reações adversas a medicamentos (RAM) apresentam grande importância epidemiológica em idosos em virtude de sua elevada prevalência e potencial para complicações. Este estudo teve como objetivos determinar os fatores de risco para RAM em uma população idosa hospitalizada e, a partir destes, criar um instrumento que permita a sua previsão.

Abrir arquivo em PDF

Uso Paralelo e Simultâneo de Álcool e Medicamentos Prescritos.

McCabe SE, Cranford JA, Morales M, Young A.
Journal of Studies on Alcohol 67:529-37, 2006 (IF: 1,884) Tradução CISA- Centro de Informações sobre Saúde e Álcool
Número: 86 / Publicado em 26/09/2010 - 10:13

Nos EUA, muitos casos de morte, entre estudantes universitários, têm sido atribuídos à coingestão de álcool e medicamentos controlados por receituário médico. Um levantamento nacional norte-americano, realizado entre universitários, identificou que os estudantes que faziam uso recreacional de drogas prescritas tinham seis vezes mais chances de fazer uso pesado de álcool que os estudantes que não o faziam.

Abrir arquivo em PDF

Interações Medicamentosas Potenciais em Pacientes de Unidade de Terapia Intensiva de um Hospital Universitário.

Lima REF, Cassiani SHDB
Rev Latino-am Enfermagem 2009 março-abril; 17(2)
Número: 85 / Publicado em 17/09/2010 - 12:02

Este estudo investigou interações medicamentosas (IM) potenciais em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital universitário do Ceará.

Abrir arquivo em PDF

Ocorrência de Interações Medicamentosas em Unidade de Terapia Intensiva: Avaliação de Prescrições Médicas.

Patrícia de Souza Rossignoli, Cristiane Fátima Guarido, Ivanice Maria Cestari
Rev. Bras. Farm., 87(4), 2006
Número: 84 / Publicado em 26/09/2010 - 10:14

Identificar a ocorrência de Interações Medicamentosas (IM) potenciais em prescrições médicas de pacientes internados em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), e verificar a correlação entre IM e idade, sexo dos pacientes e condições determinantes para admissão em UTI.

Abrir arquivo em PDF

Erros: Evitar o Evitável

Lenita Wannmacher
Unidade Técnica de Medicamentos e Tecnologias da Organização Pan-Americana da Saúde/ Organização Mundial da Saúde. Uso Racional de Medicamentos Vol. 2, Nº7 Brasília, junho de 2005
Número: 83 / Publicado em 17/09/2010 - 11:45

Erros com medicamentos são mundialmente freqüentes, acarretando potencial de risco aos pacientes, e ocorrem devido a múltiplos fatores (características dos pacientes, despreparo dos profissionais de saúde, falhas nos sistemas de atendimento à saúde, insuficiente formação graduada e educação continuada dos diferentes profissionais, polifarmácia, uso de preparações injetáveis, automedicação e outros). No sentido de prevenir ou minimizar sua ocorrência e as possíveis conseqüências aos pacientes, enfatizam-se posturas e estratégias, mais coletivas que individuais.

Abrir arquivo em PDF

Erros na Medicação: Análise das Situações Relatadas pelos Profissionais de Enfermagem.

Carvalho VT; Cassiani SHB.
Medicina, Ribeirão Preto, 33: 322-330, jul./set. 2000.
Número: 81 / Publicado em 26/09/2010 - 10:15

Os erros na medicação são alguns dos indicadores da qualidade de saúde prestada aos pacientes hospitalizados. O objetivo deste estudo foi analisar as situações que conduziram os profissionais de enfermagem aos erros na administração de medicamentos, com base em relatos de erros ocorridos. O local de estudo foi um hospital no interior do Estado de São Paulo.

Abrir arquivo em PDF

Portal Saúde Direta - Footer
Atualizado em
14/09/2020
Saude-Direta-Facebook Saude-Direta-LinkedIN Saude-Direta-Twitter