Profissionais: 7220
Prontuários: 595104

Protocolos/Algoritmos/Diretrizes/Fluxogramas

Advertência: Estes artigos e resumos são protegidos pela Lei de Direitos Autorais (Lei 9.610/98), sendo vedada a sua transcrição sem citação da fonte e a sua reprodução com finalidades comerciais sem autorização dos autores.

Adobe Acrobat Reader
É necessário o Adobe Acrobat Reader instalado.

Ambientes de Trabalho Livres de Fumo - Manual para Tornar sua Empresa mais Produtiva, Segura e Saudável.

Aliança de Controle do Tabagismo - ACT.
Centro de Referência de Álcool, Tabaco e Outras Drogas - Governo do Estado de São Paulo.
Número: 355 / Publicado em 18/06/2012 - 08:44

O tabagismo é considerado um problema de saúde pública que mata, aproximadamente, 5 milhões de pessoas por ano em todo mundo, 200 mil somente no Brasil. A ACTbr é uma organização não-governamental voltada à promoção de ações para a diminuição do impacto sanitário, social, ambiental e econômico, gerado pela produção, consumo e exposição à fumaça do tabaco. É composta por cerca de 300 organizações da sociedade civil, associações médicas, comunidades científicas e congrega também pessoas comprometidas com o controle do tabagismo (www.actbr.org.br).

Abrir arquivo em PDF

Tabagismo: Tratamento Farmacológico.

Jonatas Reichert
Diretrizes para Cessação do Tabagismo – 2004 – SBPT
Número: 354 / Publicado em 18/06/2012 - 08:46

O apoio medicamentoso representa um recurso valioso no processo da cessação tabágica, amenizando a síndrome da abstinência nos indivíduos que apresentam elevado grau de dependência da nicotina, evidenciado em dois aspectos principais: maior número de cigarros consumidos por dia e o primeiro cigarro do dia fumado em até 30 minutos ao acordar, facilitando o método cognitivo-comportamental, base da abordagem em todos os casos.

Abrir arquivo em PDF

Hemorróida: Tratamento Cirúrgico.

Sociedade Brasileira de Coloproctologia.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 353 / Publicado em 09/03/2012 - 17:39

O tratamento cirúrgico da doença hemorroidária deve ser oferecido, principalmente, aos pacientes com persistência dos sintomas após tratamento clínico ou conservador.

Abrir arquivo em PDF

Hemorróida: Manejo Não-Cirúrgico.

Sociedade Brasileira de Coloproctologia.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 352 / Publicado em 09/03/2012 - 17:39

O tratamento das hemorróidas depende mais do conjunto de sintomas de cada paciente e dos achados objetivos ao exame físico e proctológico. Portanto, apenas as hemorróidas sintomáticas precisam ser tratadas.

Abrir arquivo em PDF

Hemorróida: Diagnóstico.

Sociedade Brasileira de Coloproctologia.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 351 / Publicado em 09/03/2012 - 17:40

Hemorróida é a dilatação varicosa das veias anorretais submucosas devido à pressão venosa persistentemente elevada no plexo hemorroidário. As hemorróidas externas ocorrem abaixo da linha pectínea e são recobertas por epitélio escamoso ou do tipo cutâneo, enquanto que o plexo hemorroidário interno localiza-se acima da linha pectínea e é recoberto por mucosa colunar ou epitélio transicional.

Abrir arquivo em PDF

Hemorragias Digestivas.

Federação Brasileira de Gastroenterologia.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 350 / Publicado em 09/03/2012 - 17:41

A hemorragia digestiva aguda, evidenciada clinicamente pela exteriorização de hematêmese, melena ou enterorragia, é uma causa frequente de hospitalização de urgência.

Abrir arquivo em PDF

Hanseníase: Episódios Reacionais.

Sociedade Brasileira de Hansenologia e Sociedade Brasileira de Dermatologia.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 349 / Publicado em 09/03/2012 - 17:41

Episódios reacionais, descritos como fenômenos agudos sobrepostos à evolução crônica e insidiosa da hanseníase, são potencialmente responsáveis por perda funcional de nervos periféricos e agravantes das incapacidades.

Abrir arquivo em PDF

Hanseníase: Diagnóstico e Tratamento da Neuropatia.

Sociedade Brasileira de Hansenologia, Academia Brasileira de Neurologia e Sociedade Brasileira de Neurofisiologia Clínica.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 348 / Publicado em 09/03/2012 - 17:42

Os avanços na terapêutica da hanseníase e a implementação de novas estratégias na condução dos programas de controle reduziram drasticamente sua prevalência em todo o mundo.

Abrir arquivo em PDF

Fissura Anal: Manejo.

Sociedade Brasileira de Coloproctologia, Colégio Brasileiro de Cirurgiões.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 347 / Publicado em 09/03/2012 - 17:43

A fissura anal é uma lesão longitudinal ou área ulcerada no canal anal distal, que se estende desde a linha pectínea até a borda anal.

Abrir arquivo em PDF

Fibromialgia.

Sociedade Brasileira de Reumatologia.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 346 / Publicado em 09/03/2012 - 17:43

A síndrome da fibromialgia pode ser definida como uma síndrome dolorosa crônica, não inflamatória, de etiologia desconhecida, que se manifesta no sistema músculo-esquelético, podendo apresentar sintomas em outros aparelhos e sistemas. Sua definição constitui motivo de controvérsia, basicamente pela ausência de substrato anatômico na sua fisiopatologia e por sintomas que se confundem com a depressão maior e a síndrome da fadiga crônica.

Abrir arquivo em PDF

Portal Saúde Direta - Footer
Atualizado em
14/09/2020
Saude-Direta-Facebook Saude-Direta-LinkedIN Saude-Direta-Twitter