Profissionais: 7133
Prontuários: 512016

Protocolos/Algoritmos/Diretrizes/Fluxogramas

Advertência: Estes artigos e resumos são protegidos pela Lei de Direitos Autorais (Lei 9.610/98), sendo vedada a sua transcrição sem citação da fonte e a sua reprodução com finalidades comerciais sem autorização dos autores.

Adobe Acrobat Reader
É necessário o Adobe Acrobat Reader instalado.

Aloimunização Rh na Gestação

Brizot ML, Nishie EN, Liao AW, Zugaib M, Sim√Ķes R
Federa√ß√£o Brasileira das Associa√ß√Ķes de Ginecologia e Obstetr√≠cia. 10 de outubro de 2011
Número: 1892 / Publicado em 07/03/2012 - 18:08

A aloimuniza√ß√£o Rh consiste na sensibiliza√ß√£o ao ant√≠geno D presente na superf√≠cie eritrocit√°ria. Durante a gesta√ß√£o e parto, pequenas quantidades de hem√°cias fetais podem atingir a circula√ß√£o materna. Nos casos em que a gr√°vida √© Rh negativo (desprovida do ant√≠geno D) e a crian√ßa, Rh positivo, a m√£e pode ser sensibilizada e passa a produzir anticorpos anti-D. Estes atravessam a barreira placent√°ria e acarretam doen√ßa hemol√≠tica perinatal, a qual pode cursar com repercuss√Ķes graves determinando morbidade e mortalidade fetal e perinatal aumentadas.

Abrir arquivo em PDF

Acessos para Terapia de Nutrição Parenteral e Enteral

Ciosak SI, Matsuba CST, Silva MLT, Serpa LF, Poltronieri MJ
Sociedade Brasileira de Nutrição Parenteral e Enteral e Associação Brasileira de Nutrologia. 8 de outubro de 2011
Número: 1891 / Publicado em 07/03/2012 - 18:06

A escolha e o cuidado adequados com a via de acesso venoso são fundamentais para minimizar eventos adversos e garantir o sucesso da terapia de nutrição parenteral (TNP). O tipo e o local de acesso têm relação com o volume, a composição e a concentração da solução utilizada, além do tempo previsto para a terapia.

Abrir arquivo em PDF

Abuso e Dependência: Crack

Marques ACPR, Ribeiro M, Laranjeira RR, Andrada NC
Associação Brasileira de Psiquiatria - 31 agosto de 2011
Número: 1890 / Publicado em 07/03/2012 - 18:00

A coca√≠na ressurgiu no Brasil nos √ļltimos vinte anos. Desde ent√£o, novos padr√Ķes de consumo e apresenta√ß√Ķes da subst√Ęncia foram introduzidos. O consumo da coca√≠na atinge hoje todos os estratos sociais. A coca√≠na e o crack s√£o consumidos por 0,3% da popula√ß√£o mundia. A maior parte dos usu√°rios concentra-se nas Am√©ricas (70%) e, na √ļltima d√©cada, o n√ļmero desses vem aumentando. Entre os pa√≠ses emergentes, o Brasil √© o maior mercado na Am√©rica do Sul em n√ļmeros absolutos: mais de 900.000 usu√°rios de coca√≠na no Brasil, quase o triplo dos levantamentos anteriores.

Abrir arquivo em PDF

Dor Torácica Aguda - Avaliação e Triagem. Acute Chest Pain - Evaluation and Triage

Guidelines & Protocols Advisory Committee
British Columbia Medical Association Guidelines. Effective Date: November 10, 2008
Número: 1889 / Publicado em 07/03/2012 - 17:45

O objetivo deste guia é para melhorar a eficiência e a eficácia do diagnóstico de síndrome coronariana aguda (SCA) em pacientes com dor torácica aguda.

Abrir arquivo em PDF

Algoritmo: Investiga√ß√£o da Hemat√ļria Microsc√≥pica Persistente em Adultos - Algorithm: Investigation of Persistent Microscopic Hematuria in Adults

Guidelines and Protocols Advisory Committee
British Columbia Medical Association - Effective Date: April 22, 2009
Número: 1888 / Publicado em 07/03/2012 - 17:51

Esta diretriz trata da investiga√ß√£o de sangue em tiras de teste de urina e hemat√ļria microsc√≥pica persistente em adultos (19 anos e mais).

Abrir arquivo em PDF

El 40% de los Segundos Tratamientos con Isotretinoína por Recidivas o Resistencias se Asocian a Dosis Acumuladas Insuficientes

Tribó M.J, Mirada A.
XXXVII AEDV Madrid 2009
Número: 1887 / Publicado em 07/03/2012 - 11:50

Aunque sólo en el 21% de los casos los médicos atribuyen la necesidad de repetir el tratamiento con isotretinoína a la administración de dosis previas insuficientes, en el 40% de los casos de recidivas o persistencias del acné las dosis de isotretinoína acumuladas en su primer tratamiento son inferiores a los 120 mg/kg recomendados, lo que sugiere que el objetivo de dosis acumulada 120 mg/kg puede ser más determinante en la aparición de recidivas y persistencias del acné de lo que se percibe en la práctica clínica.

Abrir arquivo em PDF

Medicamentos Excepcionais (Uso Contínuo e Alto Custo)

Secretaria da Sa√ļde do Estado de S√£o Paulo - SP
http://www.saude.sp.gov.br
Número: 1886 / Publicado em 07/03/2012 - 09:14

Para a dispensa√ß√£o dos Medicamentos Excepcionais s√£o utilizados alguns crit√©rios, como diagn√≥stico, esquemas terap√™uticos, monitoriza√ß√£o/acompanhamento e demais par√Ęmetros, contidos nos Protocolos Cl√≠nicos e Diretrizes Terap√™uticas, estabelecidos pela Secretaria de Assist√™ncia √† Sa√ļde (SAS), do Minist√©rio da Sa√ļde. Os protocolos tamb√©m relacionam os medicamentos que s√£o fornecidos pelo programa. As regras referentes aos medicamentos excepcionais s√£o definidas pelo Minist√©rio da Sa√ļde, sendo que o principal documento exigido para o Programa √© o Laudo para Solicita√ß√£o/Autoriza√ß√£o de Medicamentos de Dispensa√ß√£o Excepcional (LME).

Abrir arquivo em PDF

Medicamentos de Alto Custo - Lista por CID e Medicamento

Sistema √önico de Sa√ļde (SUS)
Minist√©rio da Sa√ļde - Brasil
Número: 1885 / Publicado em 07/03/2012 - 09:08

Os medicamentos de dispensa√ß√£o excepcional s√£o, geralmente, de uso cont√≠nuo e de alto custo. S√£o usados no tratamento de doen√ßas cr√īnicas e raras, e dispensados em farm√°cias espec√≠ficas para este fim. Por representarem custo elevado, sua dispensa√ß√£o obedece a regras e crit√©rios espec√≠ficos. O Programa de Medicamentos Excepcionais foi criado em 1993 e posteriormente, atrav√©s de novas Portarias, o Minist√©rio da Sa√ļde ampliou de forma significativa o n√ļmero de medicamentos excepcionais distribu√≠dos pelo Sistema √önico de Sa√ļde (SUS).

Abrir arquivo em PDF

Hipertens√£o - Detec√ß√£o, Diagn√≥stico e Tratamento. Hypertension ‚Äď Detection, Diagnosis and Management

Guidelines & Protocols Advisory Committee
British Columbia Medical Association Guidelines Effective Date: February 15, 2008
Número: 1884 / Publicado em 04/03/2012 - 18:00

Esta diretriz se concentra na detecção, diagnóstico e manejo da hipertensão (HT) em não-gestantes adultas (idade 19 anos e mais velhos). Hipertensão arterial em cada categoria é definida por uma elevação do limiar sistólico ou diastólico ou ambos.

Abrir arquivo em PDF

Cuidados no Diabetes - Diabetes Care

Guidelines & Protocols Advisory Committee
British Columbia Medical Association Guidelines Effective Date: September 1, 2010
Número: 1883 / Publicado em 04/03/2012 - 18:00

Esta diretriz descreve os objetivos de cuidados para a prevenção, diagnóstico e tratamento do diabetes mellitus (DM) em adultos não-gestantes. Ele focaliza as abordagens e sistemas que são ideais no local para melhorar o atendimento para a maioria dos pacientes na maioria do tempo.

Abrir arquivo em PDF

Portal Saúde Direta - Footer
Atualizado em
14/09/2020
Saude-Direta-Facebook Saude-Direta-LinkedIN Saude-Direta-Twitter