Profissionais: 7132
Prontuários: 511931

Protocolos/Algoritmos/Diretrizes/Fluxogramas

Advertência: Estes artigos e resumos são protegidos pela Lei de Direitos Autorais (Lei 9.610/98), sendo vedada a sua transcrição sem citação da fonte e a sua reprodução com finalidades comerciais sem autorização dos autores.

Adobe Acrobat Reader
É necessário o Adobe Acrobat Reader instalado.

Terapia Nutricional nas Dislipidemias

Sociedade Brasileira de Nutri√ß√£o Parenteral e Enteral, Sociedade Brasileira de Cardiologia, Col√©gio Brasileiro de Cirurgi√Ķes, Sociedade Brasileira de Cl√≠nica M√©dica, Associa√ß√£o Brasileira de Nutrologia.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina - 2011
Número: 1962 / Publicado em 09/03/2012 - 19:57

Desordens do metabolismo das lipoprote√≠nas em conjunto com dietas ricas em gordura, obesidade e sedentarismo t√™m resultado em crescente incid√™ncia e preval√™ncia de doen√ßa ateroscler√≥tica em adultos moradores de pa√≠ses desenvolvidos ou em desenvolvimento, em especial a doen√ßa coronariana ateroscler√≥tica. H√° s√≥lida evid√™ncia de que altas concentra√ß√Ķes s√©ricas de colesterol predisp√Ķem a doen√ßa arterial coronariana, bem como que a sua redu√ß√£o diminui a incid√™ncia.

Abrir arquivo em PDF

Triagem e Avaliação do Estado Nutricional

Dias MCG, van Aanholt DPJ, Catalani LA, Rey JSF, Gonzales MC, Coppini L, Franco Filho JW, Paes-Barbosa MR, Horie L, Abrah√£o V, Martins C
Sociedade Brasileira de Nutrição Parenteral e Enteral, Associação Brasileira de Nutrologia. 2011
Número: 1961 / Publicado em 07/03/2012 - 20:44

A avalia√ß√£o nutricional √© um processo sistem√°tico, sendo o primeiro passo da assist√™ncia nutricional, tendo como objetivo obter informa√ß√Ķes adequadas, a fim de identificar problemas ligados √† nutri√ß√£o, sendo constitu√≠da de coleta, verifica√ß√£o e interpreta√ß√£o de dados para tomada de decis√Ķes referentes √† natureza e √† causa de problemas relacionados √† nutri√ß√£o.

Abrir arquivo em PDF

Transtorno da Ansiedade Social: Tratamento

Associação Brasileira de Psiquiatria.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 1960 / Publicado em 09/03/2012 - 20:21

Apesar da alta preval√™ncia e da morbidade significativa do transtorno de ansiedade social (TAS), apenas metade dos pacientes ao longo da vida ir√£o procurar tratamento para este transtorno com tempo mediano de procura √© de 16 anos. Al√©m disso, as estimativas americanas apontam para uma adequa√ß√£o m√≠nima de tratamento para essas condi√ß√Ķes de cerca de 40%.

Abrir arquivo em PDF

Transtorno da Ansiedade Social: Diagnóstico Diferencial

Levitan MN, Crippa JAS, Manfro G, Hetem LAB, Chagas MHN, Salum J√ļnior G, Isolan L, Ferrari MCF, Nardi AE, Andrada NC
Associação Brasileira de Psiquiatria. 2011
Número: 1959 / Publicado em 07/03/2012 - 20:41

O transtorno da ansiedade social (TAS) apresenta características clínicas que podem se assemelhar em diferentes aspectos a outros transtornos psiquiátricos tornando o diagnóstico diferencial muitas vezes um desafio na prática clínica. Faz-se importante destacar que uma pessoa socialmente hábil em todas as esferas da sua vida é algo raro de se encontrar.

Abrir arquivo em PDF

Terapia Nutricional: Indicadores de Qualidade

Waitzberg DL, Enck CR, Miyahira NS, Mour√£o JRP, Faim MMR, Oliseski M, Borges A
Sociedade Brasileira de Nutrição Parenteral e Enteral, Associação Brasileira de Nutrologia. 2011
Número: 1958 / Publicado em 07/03/2012 - 20:39

Todos os pacientes em terapia nutricional (TN) devem ser monitorizados de maneira rotineira, e esta avaliação deve garantir ao paciente o acesso ao melhor que a terapia pode lhe oferecer, tendo como resultado a recuperação clínica a custos baixos.

Abrir arquivo em PDF

Terapia Nutricional: Administração e Monitoramento

Matsuba CST, Ciosak SI, Serpa LF, Poltronieri M, Oliseski MS
Sociedade Brasileira de Nutrição Parenteral e Enteral, Associação Brasileira de Nutrologia. 2011
Número: 1957 / Publicado em 07/03/2012 - 20:37

Um programa de alimenta√ß√£o enteral intermitente ou cont√≠nua √© determinado por m√ļltiplos fatores: condi√ß√£o do paciente, tratamentos concorrentes, via de acesso, f√≥rmulas nutricionais e potenciais para complica√ß√Ķes.

Abrir arquivo em PDF

Terapia Nutricional para Portadores de √ölceras por Press√£o

Correia MITD, Renofio J, Serpa L, Rezende R, Passos RM
Sociedade Brasileira de Nutrição Parenteral e Enteral, Associação Brasileira de Nutrologia, Sociedade Brasileira de Clínica Médica. 2011
Número: 1956 / Publicado em 07/03/2012 - 20:34

As √ļlceras por press√£o (UP) apresentam alta preval√™ncia e incid√™ncia em pacientes hospitalizados, tanto em centros de cuidados prim√°rios, como terci√°rios ou em institui√ß√Ķes especializadas para idosos ou deficientes f√≠sicos. T√™m rela√ß√£o direta com a idade do paciente e com as caracter√≠sticas da institui√ß√£o onde este se encontra.

Abrir arquivo em PDF

Terapia Nutricional para Pacientes na Senescência (Geriatria)

Celano RMG, Loss SH, Negr√£o RJN
Sociedade Brasileira de Nutri√ß√£o Parenteral e Enteral, Col√©gio Brasileiro de Cirurgi√Ķes, Sociedade Brasileira de Cl√≠nica M√©dica, Associa√ß√£o Brasileira de Nutrologia. 2011
Número: 1955 / Publicado em 07/03/2012 - 20:33

O idoso √© mais suscet√≠vel a altera√ß√Ķes do estado nutricional em decorr√™ncia das mudan√ßas compat√≠veis com o envelhecimento. Estado inflamat√≥rio e nutricional, predisposi√ß√£o gen√©tica, inatividade f√≠sica e comorbidades frequentemente associadas s√£o fatores preponderantes. De fato, as comorbidades podem ser causas do agravo nutricional ou, ainda, serem agravadas pela desnutri√ß√£o.

Abrir arquivo em PDF

Terapia Nutricional para Pacientes na Fase N√£o-Dial√≠tica da Doen√ßa Renal Cr√īnica

Martins C, Cuppari L, Avesani C, Gusm√£o MH
Sociedade Brasileira de Nutrição Parenteral e Enteral, Associação Brasileira de Nutrologia. 2011
Número: 1954 / Publicado em 07/03/2012 - 20:31

A desnutri√ß√£o √© um grande problema na fase n√£o-dial√≠tica, e est√° diretamente relacionada √† piora da fun√ß√£o renal. Em geral, devido ao curso lento da doen√ßa, a terapia nutricional √© realizada por meio de modifica√ß√Ķes na dieta via oral desses pacientes.

Abrir arquivo em PDF

Terapia Nutricional para Pacientes em Hemodi√°lise Cr√īnica

Martins C, Cuppari L, Avesani C, Gusm√£o MG
Sociedade Brasileira de Nutrição Parenteral e Enteral, Associação Brasileira de Nutrologia. 2011
Número: 1953 / Publicado em 07/03/2012 - 20:30

A hemodi√°lise (HD) √© uma terapia dial√≠tica intermitente. O procedimento ocorre, em geral, tr√™s vezes por semana, durante quatro horas cada sess√£o. Os maiores problemas nutricionais est√£o relacionados ao ac√ļmulo de metab√≥litos entre as sess√Ķes dial√≠ticas e √† perda de nutrientes durante o procedimento. A preval√™ncia da desnutri√ß√£o nesses pacientes √© elevada, e varia entre 40% a 80%. A desnutri√ß√£o, associada √† piora da capacidade funcional e ao pior progn√≥stico de morbidade e mortalidade, resulta em aumento significativo nos gastos com sa√ļde.

Abrir arquivo em PDF

Portal Saúde Direta - Footer
Atualizado em
14/09/2020
Saude-Direta-Facebook Saude-Direta-LinkedIN Saude-Direta-Twitter