Profissionais: 7136
Prontuários: 513456

Protocolos/Algoritmos/Diretrizes/Fluxogramas

Advertência: Estes artigos e resumos são protegidos pela Lei de Direitos Autorais (Lei 9.610/98), sendo vedada a sua transcrição sem citação da fonte e a sua reprodução com finalidades comerciais sem autorização dos autores.

Adobe Acrobat Reader
É necessário o Adobe Acrobat Reader instalado.

Guideline em Medicina Fetal.

Maria Brizot, Jorge de Rezende Filho.
Sociedade Brasileira de Reprodução Humana.
Número: 1389 / Publicado em 22/06/2012 - 09:26

O diagn√≥stico das malforma√ß√Ķes fetais se inicia no exame morfol√≥gico de primeiro trimestre (em torno da 12a semana), onde j√° √© poss√≠vel se detectar aproximadamente 38 % das malforma√ß√Ķes graves. No exame morfol√≥gico de segundo trimestre realizado por volta da 20a semana detecta cerca de 79% das malforma√ß√Ķes.

Abrir arquivo em PDF

Guideline de Reprodução Assistida.

C√©sar Augusto Cornel, Silvana Chedid Grieco, Jonathas Borges Soares, Cl√°udio Barros Leal Ribeiro, √Ālvaro Pigatto Ceschin.
Sociedade Brasileira de Reprodução Humana.
Número: 1388 / Publicado em 22/06/2012 - 09:26

Denominamos como Reprodu√ß√£o Assistida o conjunto de t√©cnicas onde uma equipe multidisciplinar tem participa√ß√£o estreita no acompanhamento do desenvolvimento folicular, detec√ß√£o e indu√ß√£o da postura ovular, facilita√ß√£o ou mesmo realiza√ß√£o do encontro dos gametas assim como na otimiza√ß√£o da fase l√ļtea.

Abrir arquivo em PDF

Guideline sobre Abortamento Legal.

Avelar de Holanda Barbosa, Celeste Reggiani, Jefferson Drezett, Jorge Andalaft Neto
Sociedade Brasileira de Reprodução Humana.
Número: 1387 / Publicado em 22/06/2012 - 09:27

Segundo a Organiza√ß√£o Mundial da Sa√ļde, o abortamento inseguro representa um problema de sa√ļde p√ļblica em todo mundo, particularmente mais grave para os pa√≠ses em desenvolvimento e para aqueles que mant√©m leis restritivas que pro√≠bem sua pr√°tica. No Brasil, o abortamento √© crime tipificado pelo C√≥digo Penal brasileiro, com exce√ß√£o das situa√ß√Ķes previstas pelos incisos I e II do artigo 128, que estabelece, desde 1940, o direito ao abortamento em casos de gravidez decorrente estupro (abortamento sentimental), ou quando h√° risco de morte para a gestante (abortamento necess√°rio). Mais recentemente, como conseq√ľ√™ncia da incontest√°vel evolu√ß√£o da proped√™utica fetal, o Poder Judici√°rio passou a conceder autoriza√ß√£o para o abortamento em casos de gesta√ß√Ķes com anomalias fetais graves e incompat√≠veis com a vida extra-uterina, situa√ß√£o essa ainda n√£o contemplada pelo C√≥digo Penal.

Abrir arquivo em PDF

Guideline de Andrologia: Infertilidade Masculina.

F√°bio Firmbach Pasqualotto, Jorge Hallak, Lidio Jair Ribas Centa.
Sociedade Brasileira de Reprodução Humana.
Número: 1386 / Publicado em 22/06/2012 - 09:28

A cuidadosa e meticulosa tomada da hist√≥ria cl√≠nica do paciente com infertilidade √© de import√Ęncia relevante na constata√ß√£o da etiologia da infertilidade masculina, pois atrav√©s dela podemos ter um diagn√≥stico presuntivo de at√© um quarto dos casos.

Abrir arquivo em PDF

Guideline sobre Climatério.

César Eduardo Fernandes, Fernando Monteiro de Freitas, Marta C.F. Finotti, Jaime Kulak Jr.
Sociedade Brasileira de Reprodução Humana.
Número: 1385 / Publicado em 22/06/2012 - 09:29

O climat√©rio representa a transi√ß√£o da vida reprodutiva para a n√£o reprodutiva. Dentro deste per√≠odo de tempo ocorre a menopausa, que corresponde √† √ļltima menstrua√ß√£o espont√Ęnea da mulher. Tomando-se a menopausa como ponto de refer√™ncia, √© poss√≠vel dividir-se o climat√©rio, didaticamente, nos per√≠odos de pr√©-menopausa, de perimenopausa e de p√≥s-menopausa.

Abrir arquivo em PDF

Guideline para Abordagem da Infertilidade Conjugal.

Joaquim Roberto Costa Lopes, Rui Alberto Ferriani, Mariangela Badalotti, Ricardo Teodoro Beck, Marcelo Gomes.
Sociedade Brasileira de Reprodução Humana.
Número: 1384 / Publicado em 22/06/2012 - 09:31

Considera-se infertilidade conjugal quando não surge uma gravidez após um ano de exposição ao coito, em casal sexualmente ativo e sem uso de métodos anticonceptivos.

Abrir arquivo em PDF

Manual de Ginecologia: Anticoncepção.

Marcelino E. H. Poli
Sociedade Brasileira de Reprodução Humana.
Número: 1383 / Publicado em 22/06/2012 - 09:31

Anticoncep√ß√£o √© o uso de m√©todos e t√©cnicas com a finalidade de impedir que a pr√°tica de relacionamento sexual resulte em gravidez. √Č um dos recursos para se desenvolver o Planejamento Familiar, pelo qual as pessoas desenvolvem prole de forma volunt√°ria em tempo e em n√ļmero programados.

Abrir arquivo em PDF

Manual de Orientação Clínica: Diabetes mellitus.

Ada Leticia Barbosa Murro, Marcos Tambascia, Marcelo de Carvalho Ramos.
Secretaria de Estado da Sa√ļde de S√£o Paulo - 2011.
Número: 1382 / Publicado em 22/06/2012 - 09:33

As orienta√ß√Ķes aqui apresentadas s√£o indicativas da melhor conduta a ser adotada nos casos de indiv√≠duos com diabetes. Presume-se que a hist√≥ria do paciente, o exame f√≠sico e seus desdobramentos tenham sido adequadamente realizados durante a consulta m√©dica.

Abrir arquivo em PDF

Manual Oficial de Contagem de Carboidratos para Profissionais de Sa√ļde

Bressan R. Monteiro et al.
Sociedade Brasileira de Diabetes ‚Äď Rio de Janeiro, 2009
Número: 1381 / Publicado em 22/06/2012 - 09:34

A contagem de carboidratos deve ser inserida no contexto de uma alimenta√ß√£o saud√°vel, que nada mais √© do que aquela capaz de oferecer todos os nutrientes necess√°rios para o corpo humano, promovendo sa√ļde e bem-estar. Uma boa alimenta√ß√£o √© importante para todas as pessoas, pois √© a partir dos alimentos que o organismo retira os nutrientes necess√°rios para seu crescimento e desenvolvimento, manuten√ß√£o de tecidos, resist√™ncia √†s doen√ßas, etc.

Abrir arquivo em PDF

Cadernos de Atenção Básica: Diabetes mellitus.

Secretaria de Aten√ß√£o √† Sa√ļde. Departamento de Aten√ß√£o B√°sica.
Minist√©rio da Sa√ļde - Brasilia - 2006.
Número: 1380 / Publicado em 22/06/2012 - 09:35

O Diabetes Mellitus configura-se hoje como uma epidemia mundial, traduzindose em grande desafio para os sistemas de sa√ļde de todo o mundo. O envelhecimento da popula√ß√£o, a urbaniza√ß√£o crescente e a ado√ß√£o de estilos de vida pouco saud√°veis como sedentarismo, dieta inadequada e obesidade s√£o os grandes respons√°veis pelo aumento da incid√™ncia e preval√™ncia do diabetes em todo o mundo.

Abrir arquivo em PDF

Portal Saúde Direta - Footer
Atualizado em
14/09/2020
Saude-Direta-Facebook Saude-Direta-LinkedIN Saude-Direta-Twitter