Profissionais: 7132
Prontuários: 511937

Protocolos/Algoritmos/Diretrizes/Fluxogramas

Advertência: Estes artigos e resumos são protegidos pela Lei de Direitos Autorais (Lei 9.610/98), sendo vedada a sua transcrição sem citação da fonte e a sua reprodução com finalidades comerciais sem autorização dos autores.

Adobe Acrobat Reader
É necessário o Adobe Acrobat Reader instalado.

Varicocele

Sociedade Brasileira de Urologia, Colégio Brasileiro de Radiologia.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 483 / Publicado em 09/03/2012 - 15:50

Orientar procedimentos diagn√≥sticos, tratamento cl√≠nico e indica√ß√Ķes cir√ļrgicas para pacientes com varicocele, incluindo a faixa et√°ria da adolesc√™ncia e a possibilidade de infertilidade associada.

Abrir arquivo em PDF

Transtornos na Extremidade Inferior do Paciente Diabético.

Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 482 / Publicado em 09/03/2012 - 19:02

Estas normas de orienta√ß√£o cl√≠nica foram elaboradas com o intuito de orienta√ß√£o geral aos agentes de sa√ļde que deparam-se com pacientes diab√©ticos. As normas de orienta√ß√£o cl√≠nica n√£o comp√Ķem orienta√ß√£o definitiva e devem sempre ser analisadas de modo cr√≠tico e aplica√ß√£o individualizada. A identifica√ß√£o e classifica√ß√£o do paciente de risco, o tratamento precoce, agressivo e educa√ß√£o, individual, familiar e comunit√°ria compreendem as bases s√≥lidas para a preven√ß√£o da amputa√ß√£o de membros nesta popula√ß√£o.

Abrir arquivo em PDF

Tratamento da Dor Regional por Acupuntura: Lombalgia e Cervicalgia.

Colégio Médico de Acupuntura.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 481 / Publicado em 09/03/2012 - 19:03

Fornecer orienta√ß√Ķes fundamentadas em estudos cl√≠nicos controlados aleatorizados e revis√Ķes sistem√°ticas para a aplica√ß√£o das t√©cnicas utilizadas por especialistas em Acupuntura no tratamento das s√≠ndromes dolorosas regionais, focalizando dor cervical e dor lombar baixa, duas condi√ß√Ķes cl√≠nicas inclu√≠das entre os principais motivos de procura por atendimento m√©dico.

Abrir arquivo em PDF

Trauma Raquimedular: Conduta Urológica Clínica e Farmacológica.

Sociedade Brasileira de Urologia.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 480 / Publicado em 09/03/2012 - 19:03

Atualmente, o trauma raquimedular √© respons√°vel por 3% das admiss√Ķes de urg√™ncia em servi√ßos de atendimento ao politrauma. As estat√≠sticas internacionais estimam uma ocorr√™ncia de 40 a 50 novos casos por milh√£o de habitantes/ano, o equivalente no Brasil a 6000 novos casos por ano. A viol√™ncia urbana dos grandes centros est√° nitidamente ligada a estes dados estat√≠sticos, por√©m a etiologia do trauma raquimedular varia em fun√ß√£o das caracter√≠sticas de cada regi√£o e tipo de atividade da popula√ß√£o. Este tipo de les√£o acomete principalmente aos homens (65%), com m√©dia de idade de 25 anos, dos quais 70% tornam-se parapl√©gicos e 30% tetrapl√©gicos. As les√Ķes medulares s√£o em 80% de etiologia traum√°tica, principalmente por proj√©teis de arma de fogo (40%), acidentes automobil√≠sticos (30%) e mergulho (15%).

Abrir arquivo em PDF

Trauma Raquimedular: Conduta Urol√≥gica Cir√ļrgica.

Sociedade Brasileira de Urologia.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 479 / Publicado em 09/03/2012 - 19:05

Em muitos pacientes, os recursos do tratamento cl√≠nico n√£o s√£o suficientes para o restabelecimento das boas condi√ß√Ķes de armazenamento e esvaziamento vesical, com um per√≠odo de contin√™ncia urin√°ria socialmente aceit√°vel. V√°rias t√©cnicas cir√ļrgicas foram desenvolvidas, tanto no sentido de obter um bom reservat√≥rio para a urina, principalmente a baixa press√£o, como tamb√©m promover esvaziamento urin√°rio peri√≥dico adequado, com o m√≠nimo de perdas urin√°rias indesej√°veis, mantendo a melhor qualidade de vida poss√≠vel para cada paciente. Portanto, os procedimentos cir√ļrgicos podem ser dirigidos √† bexiga e/ou ao esf√≠ncter uretral externo, tentando corrigir a sua disfun√ß√£o.

Abrir arquivo em PDF

Traumatismo Craniencefálico Moderado e Grave por Ferimento por Projétil de Arma de Fogo: Diagnóstico e Conduta.

Sociedade Brasileira de Neurocirurgia.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 478 / Publicado em 09/03/2012 - 19:06

Ferimentos penetrantes civis s√£o uma importante causa de morbi-mortalidade, representando significante problema de sa√ļde p√ļblica. A devastadora natureza desta les√£o se acentua pelo fato de acometer predominantemente pacientes jovens e saud√°veis. Ferimentos por arma de fogo s√£o respons√°veis aproximadamente por 35.000 mortes ao ano nos EUA. No Brasil, de 1977 a 1994, as causas externas representaram a primeira causa de morte dos 5 aos 39 anos, sendo a maior ocorr√™ncia na faixa et√°ria dos 15 aos 19 anos (65% dos √≥bitos por causas externas). Al√©m do aumento, parece estar ocorrendo um deslocamento das mortes para faixas et√°rias mais jovens.

Abrir arquivo em PDF

Traumatismo Craniencef√°lico Grave.

Sociedade Brasileira de Neurocirurgia.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 477 / Publicado em 09/03/2012 - 19:07

S√£o considerados pacientes com TCE grave, aqueles admitidos com n√≠vel de consci√™ncia de 3 a 9 pontos na ECGla ap√≥s 6 horas do TCE. Existe em 10% a 32% do TCE leve ou moderado a evolu√ß√£o com piora r√°pida da consci√™ncia piorando para o TCE grave, determinando o quadro cl√≠nico como ‚ÄúTalk and Deteriorate‚ÄĚ. Existem tamb√©m pacientes que apresentam hist√≥ria que os classificam como 15 de alto risco e que apresentam radiografia de cr√Ęnio normal, internados por at√© 48 horas, e que evoluem rapidamente para piora neurol√≥gica, chegando a apresentarem coma aperceptivo, arreativo, midr√≠ase paral√≠tica bilateral e apn√©ia (‚ÄúTalk and Deteriorate‚ÄĚ), necessitando o diagn√≥stico de morte encef√°lica, que na necr√≥psia revelou fratura de cr√Ęnio com hematoma intracraniano, ou outras les√Ķes cerebrais, em particular o hematoma extradural.

Abrir arquivo em PDF

Traumatismo Craniencef√°lico Grave: Situa√ß√Ķes Especiais.

Sociedade Brasileira de Neurocirurgia.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 476 / Publicado em 09/03/2012 - 19:08

Situa√ß√Ķes especiais em traumatismo craniencef√°lico (TCE) grave foram aqui agrupadas por constitu√≠rem-se em situa√ß√Ķes espec√≠ficas e menos freq√ľentes, que n√£o justificam um cap√≠tulo de diretrizes pr√≥prio para cada tema. Por terem estas caracter√≠sticas, estas diretrizes se comp√Ķem de orienta√ß√Ķes gerais, que n√£o devem substituir a avalia√ß√£o pessoal do neurocirurgi√£o, considerando-se a disponibilidade de recursos diagn√≥sticos, terap√™uticos e de monitoriza√ß√£o, bem como a rapidez com que podem ser obtidos.

Abrir arquivo em PDF

Traumatismo Craniencefálico Leve: Diagnóstico e Conduta.

Sociedade Brasileira de Neurocirurgia.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 475 / Publicado em 09/03/2012 - 19:08

S√£o considerados pacientes com traumatismo craniencef√°lico leve aqueles admitidos com n√≠vel de consci√™ncia de 13 a 15 pontos na ECGla. A incid√™ncia do TCE leve gira em torno de 300.000 casos novos por ano nos EUA, sendo ainda considerado um n√ļmero subestimado. Esses pacientes permanecem internados de 52% a 72%.

Abrir arquivo em PDF

Traumatismo Craniencef√°lico Moderado.

Sociedade Brasileira de Neurocirurgia.
Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Número: 474 / Publicado em 09/03/2012 - 19:09

São definidos como pacientes com TCE moderado aqueles que se apresentam com 9 a 13 pontos na ECGla seis horas após o TCE. Inicialmente foram considerados pacientes com TCE moderado aqueles que se apresentavam com 9 a 12 pontos na ECGl seis horas após o TCE.Stein e Ross, referem que no TCE moderado, 40,3% apresentaram TC anormal e 8,1% necessitaram de cirurgia. Similar incidência foi observada em pacientes com 13 pontos na ECGla.

Abrir arquivo em PDF

Portal Saúde Direta - Footer
Atualizado em
14/09/2020
Saude-Direta-Facebook Saude-Direta-LinkedIN Saude-Direta-Twitter