Profissionais: 7133
Prontuários: 512017

Protocolos/Algoritmos/Diretrizes/Fluxogramas

Advertência: Estes artigos e resumos são protegidos pela Lei de Direitos Autorais (Lei 9.610/98), sendo vedada a sua transcrição sem citação da fonte e a sua reprodução com finalidades comerciais sem autorização dos autores.

Adobe Acrobat Reader
É necessário o Adobe Acrobat Reader instalado.

Diagn√≥stico e Tratamento das Afec√ß√Ķes Testiculares.

Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Sociedade Brasileira de Urologia e Colégio Brasileiro de Radiologia.
Número: 132 / Publicado em 09/03/2012 - 15:10

O Projeto Diretrizes, iniciativa conjunta da Associa√ß√£o M√©dica Brasileira e Conselho Federal de Medicina, tem por objetivo conciliar informa√ß√Ķes da √°rea m√©dica a fim de padronizar condutas que auxiliem o racioc√≠nio e a tomada de decis√£o do m√©dico. As informa√ß√Ķes contidas neste projeto devem ser submetidas √† avalia√ß√£o e √† cr√≠tica do m√©dico, respons√°vel pela conduta a ser seguida, frente √† realidade e ao estado cl√≠nico de cada paciente.

Abrir arquivo em PDF

Aderência a Tratamento Medicamentoso.

Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Sociedade Brasileira de Medicina de Fam√≠lia e Comunidade, Sociedade Brasileira de Cl√≠nica M√©dica, Federa√ß√£o Brasileira das Associa√ß√Ķes de Ginecologia e Obstetr√≠cia e Sociedade Brasileira de Hansenologia
Número: 131 / Publicado em 09/03/2012 - 15:09

O estudo cl√°ssico com hipertensos de Wilber e Barrow (1972), citado por Hart (1992), descreveu a regra das metades (value of halves). Demonstrou que metade dos pacientes hipertensos n√£o sabe que o s√£o, metade dos que sabem ser hipertensos n√£o √© tratada e metade dos que s√£o tratados n√£o est√£o controlados. No mesmo trabalho se extrapola a mesma regra para pacientes com asma e conclui-se que apenas 12% das pessoas com doen√ßas cr√īnicas e mais prevalentes est√£o integralmente diagnosticadas, tratadas e acompanhadas.

Abrir arquivo em PDF

Tratamento da Fase Aguda do Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Acadamia Brasileira de Neurologia.
Número: 130 / Publicado em 09/03/2012 - 15:07

Estatísticas recentes mostram que no Brasil o acidente vascular cerebral (AVC) é a primeira causa de óbito. Em suas diversas formas de apresentação, os AVC constituem uma emergência neurológica. A perda de tempo para a abordagem destes pacientes significa uma pior evolução.

Abrir arquivo em PDF

Abuso e Dependência - Solventes.

Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Associação Brasileira de Psiquiatria.
Número: 129 / Publicado em 22/09/2010 - 17:16

No Brasil, os solventes est√£o entre as drogas mais usadas por estudantes de escolas p√ļblicas e entre adolescentes de baixa renda.

Abrir arquivo em PDF

Abuso e Dependência - Opiáceos.

Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Associação Brasileira de Psiquiatria
Número: 128 / Publicado em 09/03/2012 - 15:05

Estima-se que nos Estados Unidos uma em cada 400 pessoas abusam de opiáceos. A prevalência de dependência de heroína, um opiáceo semi-sintético, é menor do que 1%, no entanto o impacto total na mortalidade e morbidade parece significativo, considerando-se acompanhamento realizado por programa de redução de dano que utiliza a metadona.

Abrir arquivo em PDF

Abuso e Dependência - Nicotina.

Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Associação Brasileira de Psiquiatria.
Número: 127 / Publicado em 22/09/2010 - 17:12

O consumo do tabaco √© um dos maiores problemas de sa√ļde p√ļblica, de propor√ß√Ķes internacionais. Al√©m da abordagem preventiva, novas t√©cnicas terap√™uticas e farmacoter√°picas efetivas foram desenvolvidas, tornando o tratamento desta depend√™ncia bastante promissor e digno de atualiza√ß√£o.

Abrir arquivo em PDF

Abuso e Dependência - Maconha.

Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Associação Brasileira de Psiquiatria
Número: 126 / Publicado em 22/09/2010 - 17:09

No Brasil, um levantamento realizado em 1997 com estudantes do ensino fundamental e do ensino médio em 10 capitais brasileiras, mostra que a maconha é a droga ilícita mais utilizada.

Abrir arquivo em PDF

Abuso e Dependência - Cocaína.

Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Associação Brasileira de Psiquiatria.
Número: 125 / Publicado em 09/03/2012 - 15:06

A coca√≠na ressurgiu em nosso cotidiano nos √ļltimos 20 anos. Desde l√°, novos padr√Ķes de consumo e apresenta√ß√Ķes da subst√Ęncia foram introduzidos. O consumo da coca√≠na atinge hoje todos os estratos sociais.

Abrir arquivo em PDF

Abuso e Dependência dos Benzodiazepínicos.

Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina.
Associação Brasileira de Psiquiatria.
Número: 124 / Publicado em 28/06/2011 - 14:51

Os benzodiazep√≠nicos foram amplamente prescritos no tratamento dos transtornos ansiosos durante toda a d√©cada de 70, como uma op√ß√£o segura e de baixa toxicidade. A empolga√ß√£o inicial deu lugar √† preocupa√ß√£o com o consumo ao final da mesma d√©cada: pesquisadores come√ßavam a detectar potencial de uso nocivo e risco de depend√™ncia entre os usu√°rios de tais subst√Ęncias. Atualmente, os BDZs ainda possuem indica√ß√Ķes precisas para controle da ansiedade e como tratamento adjuvante dos principais transtornos psiqui√°tricos, mas continuam sendo prescritos de modo indiscriminado, tanto por psiquiatras quanto por m√©dicos de outras especialidades.

Abrir arquivo em PDF

Abuso e Dependência - Anfetamina.

Projeto Diretrizes - Associação Médica Brasileira e Conselho Federal de Medicina,
Associação Brasileira de Psiquiatria,
Número: 123 / Publicado em 22/09/2010 - 17:01

As anfetaminas foram sintetizadas na d√©cada de 30. O prop√≥sito era o tratamento do transtorno de d√©ficit de aten√ß√£o e hiperatividade, ent√£o denominado hiperatividade ou disfun√ß√£o cerebral m√≠nima. Atualmente, existem indica√ß√Ķes para o tratamento da transtorno de d√©ficit de aten√ß√£o e hiperatividade, da narcolepsia e da obesidade com restri√ß√Ķes. Nos √ļltimos 20 anos, anfetaminas modificadas t√™m sido sintetizadas em laborat√≥rios clandestinos para serem utilizadas com fins n√£o-m√©dicos. A mais conhecida e utilizada no Brasil √© a 3,4-metilenedioxi-metanfetamina (MDMA), o ecstasy, uma metanfetamina inicialmente identificada com os clubbers e suas festas, conhecidas por raves.

Abrir arquivo em PDF

Portal Saúde Direta - Footer
Atualizado em
14/09/2020
Saude-Direta-Facebook Saude-Direta-LinkedIN Saude-Direta-Twitter