Profissionais: 7132
Prontuários: 511327

Protocolos/Algoritmos/Diretrizes/Fluxogramas

Advertência: Estes artigos e resumos são protegidos pela Lei de Direitos Autorais (Lei 9.610/98), sendo vedada a sua transcrição sem citação da fonte e a sua reprodução com finalidades comerciais sem autorização dos autores.

Adobe Acrobat Reader
É necessário o Adobe Acrobat Reader instalado.

Medicamentos em Urologia - Capítulo 74

Rafael Mamprin Stopiglia
Guia R√°pido de Urologia - GRU - 2012
Número: 2808 / Publicado em 14/02/2014 - 08:42

Medicamentos em urologia, dosagem e posologia para crianças e adultos.

Abrir arquivo em PDF

Prostatite Cr√īnica - Cap√≠tulo 10

Cl√°udio Bovolenta Murta
Guia R√°pido de Urologia - GRU - 2012
Número: 2807 / Publicado em 17/01/2014 - 09:46

Prostatite √© a patologia prost√°tica mais comum em homens com menos de 50 anos e sua incid√™ncia chega a 12%. Sua g√™nese √© pouco compreendida e multifatorial, mas parece seguir a seguinte sequ√™ncia: fator iniciador (infec√ß√£o, trauma, toxinas e estresse), uma resposta exacerbada (inflama√ß√£o ou neurol√≥gica), facilita√ß√£o (mecanismos neuroend√≥crinos) e propaga√ß√£o (mediadores imunol√≥gicos e neurog√™nicos), resultando em dor neurop√°tica. Cerca de apenas 10% dos casos de prostatite cr√īnica tem cultura positiva, o restante deve ser classificado como s√≠ndrome da dor p√©lvica cr√īnica.

Abrir arquivo em PDF

Prostatite Aguda - Capítulo 9

Roberto Dias Machado
Guia R√°pido de Urologia - GRU - 2012
Número: 2806 / Publicado em 17/01/2014 - 09:42

Doença aguda e infecciosa da próstata, geralmente afeta os homens dos 20 aos 40 anos de idade, com segundo pico após os 60 anos.

Abrir arquivo em PDF

Infec√ß√£o F√ļngica do Trato Urin√°rio - Cap√≠tulo 8

Caio Cesar Cintra
Guia R√°pido de Urologia - GRU - 2012
Número: 2805 / Publicado em 17/01/2014 - 09:37

Infec√ß√Ķes f√ļngicas invasivas, outrora raras, t√™m se tornado cada vez mais frequentes. Estudo prospectivo identificou um aumento de cinco vezes na incid√™ncia de infec√ß√Ķes f√ļngicas em pacientes internados, nos EUA entre as d√©cadas de 80 e 90. Envolvimento do trato urin√°rio foi identificado em 46% das vezes, classificando-o como o principal s√≠tio desta infec√ß√£o.

Abrir arquivo em PDF

Cistite Intersticial - Capítulo 7

Maurício J. Bruschini Rodrigues Netto
Guia R√°pido de Urologia - GRU - 2012
Número: 2804 / Publicado em 17/01/2014 - 09:30

Cistite intersticial, atualmente tamb√©m conhecida como S√≠ndrome da Bexiga Dolorosa, √© uma doen√ßa de defini√ß√£o e diagn√≥stico dif√≠cil. A defini√ß√£o mais usada √© a da SUFU (the Society for Urodynamics and Female Urology): ‚ÄúUma sensa√ß√£o desagrad√°vel (dor, press√£o, desconforto) relacionada com a bexiga, associada com sintomas do trato urin√°rio inferior com mais de seis semanas de dura√ß√£o, na aus√™ncia de infec√ß√£o ou outras causas identific√°veis‚ÄĚ.

Abrir arquivo em PDF

Cistite de Repetição - Capítulo 6

Isabel Cristina Albuquerque Feitosa
Guia R√°pido de Urologia - GRU - 2012
Número: 2803 / Publicado em 17/01/2014 - 09:24

As infec√ß√Ķes do trato urin√°rio inferior s√£o muito comuns, ocorrendo em no m√≠nimo 60% das mulheres, em algum momento de suas vidas. Por ser muito frequente, merece destaque os cuidados com o tratamento. Cerca de 95% dos casos de infec√ß√£o recorrente em mulheres s√£o resultantes de reinfec√ß√Ķes e n√£o est√£o relacionadas a anormalidades anat√īmicas do trato urin√°rio.

Abrir arquivo em PDF

Cistite na Gestação - Capítulo 5

Ricardo Miyaoka
Guia R√°pido de Urologia - GRU - 2012
Número: 2802 / Publicado em 17/01/2014 - 09:20

A infec√ß√£o do trato urin√°rio (ITU) no per√≠odo gestacional requer aten√ß√£o especial, pois implica em risco no progn√≥stico materno e perinatal. Isoladamente, as altera√ß√Ķes anat√īmicas e fisiol√≥gicas da gesta√ß√£o n√£o aumentam a incid√™ncia de ITU na gestante, mas naquelas que apresentam bacteri√ļria assintom√°tica (BA) com incid√™ncia de 2% a 10%, o risco de evolu√ß√£o para um quadro de pielonefrite √© maior e pode ocorrer em 30% dos casos.

Abrir arquivo em PDF

Cistite Aguda - Capítulo 4

Renato Careta Chamb√ī
Guia R√°pido de Urologia - GRU - 2012
Número: 2801 / Publicado em 17/01/2014 - 09:16

A cistite aguda é a inflamação superficial da mucosa vesical causada por infecção decorrente da penetração de bactérias. Febre, calafrios e outros sinais de disseminação não estão presentes. Cada ano, cerca de 10% das mulheres relatam um episódio de cistite e mais de 50% de todas as mulheres têm pelo menos uma infecção durante a sua vida.

Abrir arquivo em PDF

Infec√ß√£o Febril na Inf√Ęncia - Cap√≠tulo 3

Fabrício Beltrame Ferreira
Guia R√°pido de Urologia - GRU - 2012
Número: 2800 / Publicado em 17/01/2014 - 09:09

As ITUs s√£o causa comum de s√≠ndrome febril e principal causa de perda de fun√ß√£o renal na inf√Ęncia, o que demanda diagn√≥stico precoce, tratamento adequado e investiga√ß√£o de fatores de risco para les√£o renal, desde o primeiro epis√≥dio.

Abrir arquivo em PDF

Pielonefrite Aguda Complicada no Adulto - Capítulo 2

Paulo Roberto Kawano
Guia R√°pido de Urologia - GRU - 2012
Número: 2799 / Publicado em 17/01/2014 - 09:05

A Pielonefrite Complicada (PC) √© uma infec√ß√£o renal sintom√°tica grave, frequentemente associada √† altera√ß√Ķes funcionais e/ou estruturais do trato geniturin√°rio, respons√°veis pelo aumento do risco de infec√ß√£o ou falha do tratamento.

Abrir arquivo em PDF

Portal Saúde Direta - Footer
Atualizado em
14/09/2020
Saude-Direta-Facebook Saude-Direta-LinkedIN Saude-Direta-Twitter