Profissionais: 6902
Prontuários: 420578

Esqueceu a senha? Cadastro da senha

Portal Saude Direta - Busca Palavra

BUSCA POR PALAVRA

POSTAGENS ANTERIORES

TAGS CLOUD

Protocolos - Algoritmos - Diretrizes - Fluxogramas

Baixar o Adobe Acrobat Reader
Para visualizar os conteúdos abaixo é necessário ter o Adobe Acrobat Reader instalado.

Advertência: Estes artigos e resumos são protegidos pela Lei de Direitos Autorais (Lei 9.610/98), sendo vedada a sua transcrição sem citação da fonte e a sua reprodução com finalidades comerciais sem autorização dos autores.

Protocolos Clínicos - 023 - Protocolo de Traumatismo Raquimedular Cervical (tratamento agudo).

Newton Godoy, Maria Amélia Ferreira Rocha.
Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) - 2010
Número: 1067 / Publicado em 17/03/2012 - 15:57

O trauma raquimedular apresenta taxa de incidência em torno de 11 mil casos por ano no Brasil. A lesão da medula espinhal acomete pessoas jovens, em sua maioria, na faixa etária entre 18 e 40 anos, tendo como principais causas: acidentes de trânsito, mergulho em águas rasas (verão) e traumatismos por arma de fogo. As intervenções precoces devem minimizar os danos físicos, psíquicos e sociais inerentes à patologia.

Abrir arquivo em PDF

Protocolos Clínicos - 010 - Atendimento Terciário das Lesões Traumáticas do Quadril e Pelve.

Euler de Carvalho Guedes, João Wagner Junqueira Pellucci, Alex Fabiano Dias Pinto.
Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) - 2010
Número: 1054 / Publicado em 17/03/2012 - 16:02

As lesões traumáticas da região do quadril e pelve representam em torno de 12% das fraturas e luxações atendidas no HMAL, são de alta morbidade e merecem acompanhamento especializado. No tratamento terciário as complicações mais frequentes são os processos infecciosos, as necroses avasculares da cabeça femoral, as perdas de redução, as pseudartroses, as tromboses venosas profundas e as embolias pulmonares.

Abrir arquivo em PDF

Protocolos Clínicos - 002 - Atendimento ao Paciente Vítima de Traumatismo Abdominal.

Equipe de Cirurgia do HJXXIII
Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) - 2010
Número: 1046 / Publicado em 17/03/2012 - 16:05

A avaliação do abdome é um dos componentes mais críticos na abordagem inicial do traumatizado. O momento mais oportuno para avaliação abdominal deve ser determinado considerando o mecanismo de trauma, sua localização e o estado hemodinâmico do paciente. A lesão intra-abdominal não diagnosticada é causa frequente de mortes evitáveis. Qualquer doente vítima de traumatismo abdominal contuso ou penetrante, deve ser visto como portador de lesão cirúrgica, até prova em contrário.

Abrir arquivo em PDF

Protocolos Clínicos - 001 - Atendimento ao Paciente Vítima de Traumatismo Cranioencefálico Leve - TCE leve.

Rodrigo Moreira Faleiro; Josaphat Vilela de Morais
Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) - 2010
Número: 1045 / Publicado em 17/03/2012 - 16:05

Traumatismo crânio-encefálico (TCE) é entidade frequente e com alta mortalidade. A cada 15 segundos ocorre um caso de TCE e em decorrência deste, um paciente morre a cada 12 minutos; 50% das mortes decorrentes de trauma têm como etiologia o TCE.

Abrir arquivo em PDF

Emergências Obstetrícias e Trauma na Gestante (Capítulo 19).

Manual do Atendimento Pré-Hospitalar – SIATE /CBPR.
Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Paraná
Número: 1031 / Publicado em 23/06/2012 - 10:36

No decurso da gravidez, algumas intercorrências podem ameaçar a vida da mãe e/ou da criança, configurando situações de emergência que exijam a intervenção do socorrista. Além disso, socorristas podem ser acionados para assistir ao trabalho de parto normal, desencadeado na via pública. Isso justifica prepará-Ios para atuar nas emergências obstétricas: parto normal, parto prematuro e abortamento.

Abrir arquivo em PDF

Trauma de Face (Capítulo 17).

Manual do Atendimento Pré-Hospitalar – SIATE /CBPR.
Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Paraná.
Número: 1028 / Publicado em 23/06/2012 - 10:38

O trauma facial pode ser considerado uma das agressões mais devastadoras encontradas em centros de trauma devido às conseqüências emocionais e à possibilidade de deformidade e também ao impacto econômico que tais traumas causam em um sistema de saúde.

Abrir arquivo em PDF

Trauma de Tórax (Capítulo 15).

Manual do Atendimento Pré-Hospitalar – SIATE /CBPR.
Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Paraná.
Número: 1027 / Publicado em 23/06/2012 - 10:38

O traumatismo torácico nos dias atuais assume grande importância devido, em parte, à sua incidência e, por outro lado, pelo aumento da gravidade e da mortalidade das lesões. Isto se deve pelo aumento do número, poder energético e variedade dos mecanismos lesivos, como por exemplo, a maior velocidade dos automóveis, a violência urbana, e dentro desta, o maior poder lesivo dos armamentos, além de outros fatores. As lesões de tórax são divididas naquelas que implicam em risco imediato à vida e que, portanto, devem ser pesquisadas no exame primário e naquelas que implicam em risco potencial à vida e que, portanto, são observadas durante o exame secundário.

Abrir arquivo em PDF

Trauma de Abdome (Capítulo 16).

Manual do Atendimento Pré-Hospitalar – SIATE /CBPR.
Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Paraná.
Número: 1026 / Publicado em 23/06/2012 - 10:39

A gravidade dos traumatismos abdominais baseia-se especialmente na possível existência de uma lesão visceral, capaz de produzir alterações gerais graves como são as peritonites ou as hemorragias.

Abrir arquivo em PDF

Protocolo Clínico de Avaliação e Conduta no Traumatismo Dentário.

Bandeira Macena, Maria Carolina; Leite, Ana Catarina; Colares, Viviane; Vieira,Sandra; Guedes de Carvalho Neto, Luiz.
Revista Brasileira em Promoção da Saúde, Vol. 22, Núm. 2, 2009, pp. 120-127
Número: 955 / Publicado em 20/06/2012 - 08:33

Protocolo clínico, baseado na literatura atual, visando otimizar o atendimento emergencial do trauma dentário nas dentições decídua e permanente. O traumatismo dentário está entre as patologias, eventos e agravos à saúde bucal que têm despertado crescente interesse da comunidade científica nos últimos anos. O aumento dos níveis de violência, do número de acidentes de trânsito e uma maior participação das crianças em atividades esportivas contribuem para transformar o traumatismo dentário em um problema de saúde pública emergente.

Abrir arquivo em PDF

Protocolo Clínico: Atendimento ao Paciente Vítima de Traumatismo Abdominal.

Equipe de Cirurgia do HJXXIII
Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) - 2009
Número: 910 / Publicado em 19/06/2012 - 09:34

A avaliação do abdome é um dos componentes mais críticos na abordagem inicial do traumatizado. O momento mais oportuno para avaliação abdominal deve ser determinado considerando o mecanismo de trauma, sua localização e o estado hemodinâmico do paciente.

Abrir arquivo em PDF

Footer - v1.3
Atualizado em
04/09/2019
Saude-Direta-Facebook Saude-Direta-LinkedIN Saude-Direta-Twitter